08/2020 - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Quem vence na Itália?

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


E aí, amantes dos autinhos, já vamos então para a oitava etapa do ano, quase a metade da temporada, se continuar em 17 GPs. E é no Templo da Velocidade. Toda a vez que eu vejo uma corrida em Monza, fico impressionado com o ritmo alucinante dos carros. É pé embaixo quase todo o tempo!
As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação no sábado. Boa sorte!  

Itens para Monza:
Pole: sobrenome do piloto - 5 pontos
Vencedor: sobrenome do piloto - 25 pontos
Segundo: sobrenome do piloto – 20 pontos
Terceiro: sobrenome do piloto – 15 pontos
Quarto: sobrenome do piloto – 10 pontos
Quinto: sobrenome do piloto – 5 pontos
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  15 pontos
Melhor volta da prova: 5 pontos
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, desta vez é com o Hamilton. A pergunta é bem simples, mas não necessariamente um “páreo corrido”. O hexaheptacampeão larga na pole em Monza? Sim ou não.
Gabaritar os cinco primeiros colocados da prova: 15 pontos
Acertar os cinco primeiros da prova fora de ordem: 5 pontos

Para acompanhar ao vivo todos os lances do GP da Itália:
Sexta-feira: primeiro treino livre, 6h, segundo treino livre, 10h, ambos pelo SporTV.
Sábado: terceiro treino livre, 7h, classificação, 10h, ambos pelo SporTV.
Domingo: 10h10min, corrida, pela Globo.



O Bolão depois da Bélgica

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


O nosso Pedro Henrique brilhou tanto quanto o Lewis Hamilton em Spa e venceu a etapa da Bélgica, com o Luiz Herrera, o Ismael e o Mauro bem pertinho. Uma das declarações do Hamilton depois de sua vitória de número 89 foi: “Me sinto melhor do que nunca”. A gente já sabia disso, guri! Há horas dizemos aqui que o Hamilton está no seu melhor momento da carreira. E digo mais: ele ainda não chegou ao seu auge. No Bolão, mantive a liderança, com o Ismael subindo para segundo, à frente do xará Daniel Cardoso e do Professor completando o pódio da temporada.
E novamente, não dá para descansar, o GP da Itália já é no próximo domingo. Me tirem da liderança, por favor! O mesmo não dá para dizer do Hamilton, o quase heptacampeão. “Quase”, pra mim, não. Ele já é.

Parâmetros utilizados no GP da Bélgica:
Pole: HAMILTON
Vencedor: HAMILTON
Segundo: BOTTAS
Terceiro: VERSTAPPEN
Quarto: RICCIARDO
Quinto: OCON
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: MAGNUSSEN
Melhor volta da prova: RICCIARDO
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, desta vez diz respeito a Kimi Raikkonen, que tenta chegar ao recorde de números de GPs disputados na F-1 de Rubens Barrichello. Quero saber se o finlandês, campeão de 2007, pela Ferrari, consegue chegar na corrida entre os dez primeiros. Sim ou não? Só uma dica: Raikkonen não tem carro neste ano com a Alfa Romeo, mas ele é o maior especialista em Spa da atual turma do grid, sem falar do Lewis Hamilton, claro, o maior especialista em qualquer pista, deste ou de qualquer outro planeta. NÃO

Bélgica:
1) Pedro Henrique - 80 pontos
2) Luiz Herrera - 75 pontos
2) Ismael Reichert - 75 pontos
2) Mauro - 75 pontos
5) Francisco Cavalin - 40 pontos
5) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 40 pontos
5) Daniel Cardoso - 40 pontos
5) Natanael Felipe Rhoden - 40 pontos
5) Maurício Dias - 40 pontos
5) Eduardo Saraiva - 40 pontos
5) Gabriel Dias - 40 pontos
5) Daniel Dias - 40 pontos
5) André Borges - 40 pontos
14) Tiago Reimann - 20 pontos
15) Marcelo Vieira - 15 pontos
16) Marcelo Pereira - 0 ponto

Total:
1) Daniel Dias - 350 pontos
2) Ismael Reichert - 335 pontos
3) Daniel Cardoso - 330 pontos
3) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 330 pontos
5) Luiz Herrera - 320 pontos
6) Maurício Dias - 315 pontos
7) Francisco Cavalin - 310 pontos
8) Natanael Felipe Rhoden - 280 pontos
9) André Borges - 275 pontos
10) Eduardo Saraiva - 255 pontos
11) Gabriel Dias - 250 pontos
11) Mauro - 250 pontos
13) Pedro Henrique - 230 pontos
14) Marcelo Pereira - 195 pontos
15) Marcelo Vieira - 185 pontos
16) Tiago Reimann - 150 pontos



Hamilton vence em Spa

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·




Foi mais difícil do que se esperava. Tudo por causa de uma batida infantil de Antonio Giovanazzi na primeira parte da prova, que provocou a entrada do safety car e forçou os pilotos a colocarem os pneus duros muito cedo.Com isso, os três primeiros colocados, Lewis Hamilton, Valtteri Bottas e Max Verstappen, enfrentaram problemas de desgaste de pneus nas últimas voltas. Mas no final se sobressaiu a maior genialidade de Hamilton, que se encaminhou para a vitória em Spa-Francorchamps, neste domingo. Depois da prova, em cima do carro, Hamilton homenageou mais uma vez o ator Chadwick Boseman, o Pantera Negra, que morreu vítima de câncer no sábado, aos 43 anos. O hexaheptacampeão repetiu o gesto característico da personagem do cinema, com os braços cruzados sobre o peito.
Com mais uma conquista, Hamilton está a apenas duas vitórias das 91 de Michael Schumacher. No campeonato, o inglês tem 47 pontos de vantagem sobre Verstappen e 50 do companheiro Valtteri Bottas, que conseguiu chegar em segundo, à frente do piloto da Red Bull. Daniel Ricciardo, na melhor apresentação da equipe Renault no ano, chegou em quarto e ainda fez a volta mais rápida, na última volta.
Ao contrário do que a previsão do tempo anunciou, a corrida foi toda disputada com pista seca. Carlos Sainz Jr. teve problemas no cano de descarga de sua McLaren antes da prova e não participou do GP da Bélgica. Pode uma corrida no melhor circuito do mundo ser chata? Pode. Foi a deste domingo. O drama do desgaste dos pneus na parte final da prova se limitou aos pilotos e às equipes. Para quem assistiu ao GP da Bélgica, foi um porre!
A Fórmula-1 tem prova já no próximo domingo, em Monza, o Templo da Velocidade, onde os carros da principal categoria do mundo atingem as maiores velocidades no ano.

Resultado final:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1h24min08s761
2) V. Bottas - Mercedes - a 8s448
3) M. Verstappen - Red Bull - a 15s455

4) D. Ricciardo - Renault - a 18s877
5) E. Ocon - Renault - a 40s650
6) A. Albon - Red Bull - a 42s712
7) L. Norris - McLaren - a 43s774
8) P. Gasly - Alpha Tauri - a 47s371
9) L. Stroll - Racing Point - a 52s603
10) S. Perez - Racing Point - a 53s179

11) D. Kvyat - Alpha Tauri - a 1min10s200
12) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a 1min11s504
13) S. Vettel - Ferrari - a 1min12s894
14) C. Leclerc - Ferrari - a 1min14s920
15) R. Grosjean - Haas - a 1min16s793
16) N. Latifi - Williams - a 1min17s795
17) K. Magnussen - Haas - a 1min25s540

18) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - não completou
19) G. Russell - Williams - não completou
20) C. Sainz Jr - McLaren - não largou

Melhor volta - D. Ricciardo - Renault - 1min47s483

Mundial de Pilotos 2020:
1) L. Hamilton - Mercedes - 157 pontos
2) M. Verstappen - Red Bull - 110 pontos
3) V. Bottas - Mercedes - 107 pontos
4) A. Albon - Red Bull - 48 pontos
5) C. Leclerc - Ferrari - 45 pontos
6) L. Norris - McLaren - 45 pontos
7) L. Stroll - Racing Point - 42 pontos
8) D. Ricciardo - Renault - 33 pontos
9) S. Perez - Racing Point - 33 pontos
10) E. Ocon - Renault - 26 pontos
11) C. Sainz Jr - McLaren - 23 pontos
12) P. Gasly - Alpha Tauri - 18 pontos
13) S. Vettel - Ferrari - 16 pontos
14) N. Hulkenberg - Racing Point - 6 pontos
15) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 2 pontos
16) D. Kvyat - ALpha Tauri - 2 pontos
17) K. Magnussen - Haas - 1 ponto
18) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 0 ponto
19) G. Russell - Williams - 0 ponto
20) N. Latifi - Williams - 0 ponto
21) R. Grosjean - Haas - 0 ponto

Mundial de Construtores:
1) Mercedes - 264 pontos
2) Red Bull - 158 pontos
3) McLaren - 68 pontos
4) Racing Point - 66 pontos
5) Ferrari - 61 pontos
6) Renault - 59 pontos
7) Alpha Tauri - 20 pontos
8) Alfa Romeo - 2 pontos
9) Haas - 1 ponto
10) Williams - 0 ponto



Hamilton é pole em Spa. Muito fácil!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·



Qualquer pessoa mais ou menos esclarecida em Fórmula-1 sabia que esta seria a pole position mais fácil de Lewis Hamilton na temporada. E se tivesse realmente chovido em Spa, teria sido ainda mais fácil. Como maior ícone do esporte atualmente, o hexaheptacampeão fez uma linda homenagem ao ator Chadwick Boseman, que interpretou o Pantera Negra no cinema recentemente e morreu ontem aos 43 anos devido a um câncer, imitando o gesto da personagem do cinema ao sair do carro neste sábado no circuito belga. Hamilton, realmente, é O Cara, e felizes somos nós que estamos vivendo o tempo de consagração definitiva desse “monstro” das pistas.
Com mais de meio segundo atrás de Hamilton na classificação, Vatteri Bottas deu uma entrevista/piada logo após o treino. Olhem só:
- Fiz muito lento a La Source (a curva mais lenta do circuito de Spa). Depois, fui muito bem na minha segunda tentativa e não vejo aonde está essa diferença toda entre nós dois no tempo.
Pérolas!
Diz-se sempre que se um sujeito não sabe por que perdeu, é o primeiro passo para voltar a perder. Valtteri, sabe aonde está a diferença toda que você mencionou? Em Lewis Carl Hamilton. Você é o Bottas, ele, o Hamilton. Bom domingo, Valtteri! E se conseguir chegar à frente do Max Verstappen na prova já será uma vitória.

Resultado da Classificação:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1min41s252
2) V. Bottas - Mercedes - a 0s511
3) M. Verstappen - Red Bull - a 0s526
4) D. Ricciardo - Renault - a 0s809
5) A. Albon - Red Bull - a 1s012
6) E. Ocon - Renault - a 1s144
7) C. Sainz Jr - McLaren - a 1s186
8) S. Perez - Racing Point - a 1s280
9) L. Stroll - Racing Point - a 1s351
10) L. Norris - McLaren - a 1s405

11) D. Kvyat - Alpha Tauri
12) P. Gasly - Alpha Tauri
13) C. Leclerc - Ferrari
14) S. Vettel - Ferrari
15) G. Russell - Williams

16) K. Raikkonen - Alfa Romeo
17) R. Grosjean - Haas
18) A. Giovinazzi - Alfa Romeo
19) N. Latifi - Williams
20) K. Magnussen - Haas



Hamilton domina antes da Classificação para o GP da Bélgica

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Resultado da sessão:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1min43s255
2) E. Ocon - Renault - a 0s230
3) L. Norris - McLaren - a 0s386
4) A. Albon - Red Bull - a 0s476
5) V. Bottas - Mercedes - a 0s558
6) M.Verstappen - Red Bull - a 0s641
7) D. Ricciardo - Renault - a 0s718
8) L. Stroll - Racing Point - a 0s733
9) C. Sainz Jr - McLaren - a 0s751
10) S. Perez - Racing Point - a 0s925
11) P. Gasly - Alpha Tauri - a 1s253
12) D. Kvyat - Alpha Tauri - a 1s288
13) N. Latifi - Williams - a 1s516
14) K. Magnussen - Haas - a 1s586
15) R. Grosjean - Haas - a 1s589
16) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a 1s677
17) C. Leclerc - Ferrari - a 1s892
18) G. Russell - Williams - a 1s902
19) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a 1s935
20) S. Vettel - Ferrari - a 2s165



Verstappen lidera em Spa

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Max Verstappen foi o mais rápido no primeiro dia de treinos livres para o GP da Bélgica, sétima etapa do Mundial de Fórmula-1, à frente de Daniel Ricciardo e de Lewis Hamilton. As duas sessões foram feitas com pista seca, coisa que não deve se verificar no terceiro treino livre e na classificação no sábado. O serviço de meteorologia oficial da F-1 prevê chuva no sábado na Bélgica e chuvas esparsas para a prova de domingo.
Ainda no embalo da possível saída da Globo da cobertura do Mundial a partir de 2021, algumas coisas insuportáveis continuaram na transmissão dos treinos desta sexta-feira, como o retorno do gordinho mala aos comentários, cometendo, por exemplo, o sacrilégio de renomear a mais famosa curva do mundo, a Eau Rouge, de Eau Rouge Radillion. Ô, Senhor Google, até os caras no Irã sabem que Radillon é o nome do setor imediatamente após à famosa curva.
Outra coisa muito chata é continuar chamando a Racing Point de Mercedes Rosa. Seria bom os caras se prepararem melhor para a transmissão. A controvérsia da cópia do projeto da Racing Point do carro da Mercedes de 2019 já acabou, com a Renault, principal reclamante dessa “cópia”, já tendo retirado o protesto. Mas, enfim, esses efeitos colaterais a gente se livrará a partir de 2021.

Resultado da sessão:
1) M. Verstappen - Red Bull - 1min43s744
2) D. Ricciardo - Renault - a 0s048
3) L. Hamilton - Mercedes - a 0s096
4) A. Albon - Red Bull - a 0s390
5) S. Perez - Racing Point - a 0s393
6) V. Bottas - Mercedes - a 0s418
7) L. Norris- McLaren - a 0s424
8) E. Ocon - Renault - a 0s464
9) C. Sainz Jr - McLaren - a 0s730
10) P. Gasly - Alpha Tauri - a 0s856
11) L. Stroll - Racing Point - a 0s934
12) D. Kvyat - Alpha Tauri - a 1s082
13) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a 1s117
14) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a 1s152
15) C. Leclerc - Ferrari - a 1s696
16) G. Russell - Williams - a 1s719
17) S. Vettel - Ferrari - a 1s939
18) N. Latifi - Williams - a 2s030
19) R. Grosjean - Haas - a 2s090
20) K. Magnussen - Haas - a 2s498



Bottas lidera o primeiro treino livre do GP da Bélgica

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Resultado da sessão:
1) V. Bottas - Mercedes - 1min44s493
2) L. Hamilton - Mercedes - a 0s069
3) M. Verstappen - Red Bull - a 0s081
4) S. Perez - Racing Point - a 0s136
5) L. Stroll - Racing Point - a 0s375
6) A. Albon - Red Bull - a 0s556
7) E. Ocon - Renault - a 0s606
8) C. Sainz Jr - McLaren - a 0s729
9) D. Ricciardo - Renault - a 0s732
10) L. Norris - McLaren - a 0s781
11) D. Kvyat - Alpha Tauri - a 0s954
12) P. Gasly - Alpha Tauri - a 1s010
13) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a 1s211
14) C. Leclerc - Ferrari - a 1s266
15) S. Vettel - Ferrari - a 1s686
16) N. Latifi - Williams - a 1s995
17) G. Russell - Williams - a 2s077
18) K. Magnussen - Haas - sem tempo
19) R. Grosjean - Haas - sem tempo
20) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - sem tempo



Já vai tarde!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


O que parece ser uma notícia ruim, é justamente o contrário. A Globo decidiu abrir mão da cobertura do Mundial de Fórmula-1 a partir do próximo ano. Ou seja, mostrará as corridas de 2020, dará seu prefixo e cairá fora. A rede de televisão com sede no Rio de Janeiro e a Liberty Media, dona da F-1, não entraram em acordo para a renovação de contrato. O bigodudo norte-americano Chase Carey (foto), de 66 anos, presidente da Liberty e da própria F-1, confirmou a informação quanto à retirada da Globo, que compreende também, evidentemente, os canais SporTV. Tem um monte de explicações e desdobramentos por trás dessa “desistência” global.
Na verdade, isso não aconteceu pela própria vontade da emissora carioca, que já fez cortes de salários, demitiu muitos artistas, não está fazendo suas produções de novelas, “abandonou” a Libertadores da América, não mostrou a Final da Copa dos Campeões da Uefa e muitas outras coisas mais, indicando – e aí digo, infelizmente – que seu fechamento não está nem um pouco distante. Especificamente em relação à F-1, a Globo estava “pisando na bola” há muito tempo, não transmitindo os treinos de classificação e provas que coincidiam com o Brasileirão de Futebol, além de não enviar equipe própria para os GPs, com exceção, claro, do GP do Brasil. Neste ano, a Globo sequer conseguiu vender suas seis cotas de patrocinadores, ficando apenas com cinco.
Mais verdade: a Globo não renovou o contrato com a F-1 porque NÃO CONSEGUIU, abrindo, assim, a oportunidade para que outra emissora de canal aberto no Brasil passe o Mundial a partir de 2021. Ou um canal fechado, caso, por exemplo, da Fox, que já pegou a MotoGP neste ano, ou outra emissora desse segmento. Aliás, o Brasil é o único país tradicional em transmissões ao vivo da F-1 que ainda mostra as corridas em um canal aberto. Na Europa, na América do Norte e na Ásia, as corridas são mostradas apenas na TV paga. Outro grande equívoco da emissora carioca é que o interesse do telespectador brasileiro baixou após os pilotos nacionais terem ficado de fora da luta por títulos e até mesmo do grid. A F-1 tem um público específico no Brasil, e essas pessoas permanecem ligadas à principal categoria do automobilismo com a mesma atenção e fidelidade, não importando se não tem brasileiro na disputa pelo título ou por vitórias.
O circo da F-1 é o esporte mais rico do planeta. E ficou ainda mais milionário com a entrada dos norte-americanos da Liberty. Ao contrário da Fifa e de outras grandes entidades do esporte, a Fórmula-1 sempre teve um dono, rechaçando, assim, a corrupção, que quase acabou com a mandatária internacional do futebol. Bernie Ecclestone – apesar de todos os senões éticos contra o velho britânico - construiu a F-1 como conhecemos e mandava nela porque era seu dono. Agora, o dono é a Liberty. A F-1 tem dono como tantos esportes milionários tem, como a NBA (basquete), a NFL (futebol americano), a Indy, a Nascar, a Uefa e a Premier League, a liga do maior campeonato de futebol nacional, o da Inglaterra.
A Globo sempre foi a marca da F-1 para o Brasil. Mas, não se preocupem, a sua saída de cena é notícia boa! Fiquem tranquilos!



Turquia e a Curva 8 voltam neste ano

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


A Fórmula-1 terá mais quatro etapas neste ano, uma delas, no circuito de Istambul, na Turquia. Grande notícia! Eu era uma assumida viúva da corrida turca, especialmente pela famosa Curva 8, que tem de três a quatro tangências diferentes, dependendo do piloto, e é reproduzida no Circuito das Américas, só que eu sentido contrário na pista norte-americana. O último GP em Istambul foi em 2011. Bernie Ecclestone, então dono da F-1, retirou a prova do calendário alegando que o público era sempre pequeno. Bom, com o coronavirus, isso não é problema, né?
O GP da Turquia será disputado em 15 de novembro, pouco antes de uma rodada dupla no Bahrein, com o GP do Bahrein em 29 de novembro seguido pelo GP de Sakhir (nome do circuito barenita) em 6 de dezembro. A temporada se concluirá em Abu Dhabi em 13 de dezembro.
O calendário deste ano poderá ter, portanto, dezessete provas. A Liberty, atual dona da F-1, confirmou também que em algumas provas deste ano abrirá o circuito para alguns privilegiados fãs, que ficariam em locais isolados do autódromo.



Quem vence na Bélgica?

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


E aí, amantes dos autinhos, vamos então para a sétima etapa, em Spa-Francorchamps, o circuito preferido de todos os pilotos que estão ou já passaram pela Fórmula-1. Com a Liberty, a nova dona da categoria, acertando em tudo, só fica um pequena crítica para ela em um ano atípico, com rodadas duplas em alguns países, por não ter sido marcadas duas provas no circuito belga. Mas, tudo bem, uma só já é suficiente para vermos os carros da F-1 em estado pleno, que só possível de ser observar em Spa.
As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação no sábado. Boa sorte!  

Itens para Spa-Francorchamps:
Pole: sobrenome do piloto - 5 pontos
Vencedor: sobrenome do piloto - 25 pontos
Segundo: sobrenome do piloto – 20 pontos
Terceiro: sobrenome do piloto – 15 pontos
Quarto: sobrenome do piloto – 10 pontos
Quinto: sobrenome do piloto – 5 pontos
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  15 pontos
Melhor volta da prova: 5 pontos
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, desta vez diz respeito a Kimi Raikkonen, que tenta chegar ao recorde de números de GPs disputados na F-1 de Rubens Barrichello. Quero saber se o finlandês, campeão de 2007, pela Ferrari, consegue chegar na corrida entre os dez primeiros. Sim ou não? Só uma dica: Raikkonen não tem carro neste ano com a Alfa Romeo, mas ele é o maior especialista em Spa da atual turma do grid, sem falar do Lewis Hamilton, claro, o maior especialista em qualquer pista, deste ou de qualquer outro planeta.
Gabaritar os cinco primeiros colocados da prova: 15 pontos
Acertar os cinco primeiros da prova fora de ordem: 5 pontos

Para acompanhar ao vivo todos os lances do GP da Bélgica:
Sexta-feira: primeiro treino livre, 6h, segundo treino livre, 10h, ambos pelo SporTV.
Sábado: terceiro treino livre, 7h, classificação, 10h, ambos pelo SporTV.
Domingo: 10h10min, corrida, pela Globo.



Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal