08/2018 - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Ferrari confirma favoritismo em casa no segundo treino livre

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Após a chuva que atrapalhou o primeiro treino livre de Monza, que teve como surpresa Sergio Perez, da Force India, como líder, a Ferrari mostrou a sua força com a dobradinha na segunda sessão, com Sebastian Vettel na frente. O mais próximo dos favoritos ficou o líder do campeonato, Lewis Hamilton, da Mercedes. Será que o tetra campeão inglês conseguirá outro milagre na classificação? Acho muito difícil. O mais esperado é que o piloto 44 nem veja a dupla vermelha. Veremos.
Marcus Ericsson, da Sauber, sofreu um forte acidente no final da reta, mas felizmente saiu ileso. O problema ocorreu devido a asa móvel não ter fechado, ocasionando a perda de controle do piloto sueco.

Resultado da segunda sessão livre do GP da Itália:
1) S. Vettel - Ferrari - 1min21s105
2) K. Raikkonen - Ferrari - a 0s270
3) L. Hamilton - Mercedes - a 0s287
4) V. Bottas - Mercedes - a 0s698
5) M. Verstappen - Red Bull - a 1s049
6) D. Ricciardo - Red Bull - a 1s191
7) E. Ocon - Force India - a 1s825
8) S. Perez - Force India - a 1s837
9) C. Leclerc - Sauber - a 1s860
10) N. Hulkenberg - Renault - a 1s958
11) R. Grosjean - Haas - a 1s972
12) C. Sainz Jr - Renault - a 2s088
13) K. Magnussen - Haas - a 2s128
14) P. Gasly - Toro Rosso - a 2s297
15) S. Sirotkin - Williams - a 2s409
16) B. Hartley - Toro Rosso - a 2s426
17) L. Stroll - Williams - a 2s461
18) F. Alonso - McLaren - a 2s636
19) S. Vandoorne - McLaren - a 2s979
20) M. Ericsson - Sauber - sem tempo



Quem vence na Itália?

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Pois é, como os caras da F-1 não descansam - acreditem, o circo já tá todo armado em Monza -, nós aqui também não. O GP da Itália já é no próximo fim de semana. Por tanto, se liguem!
As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação no sábado. Boa sorte!

Regulamento e itens para Monza:
Pole: sobrenome do piloto
Vencedor: sobrenome do piloto
Segundo colocado da prova: sobrenome do piloto
Terceiro colocado da prova: sobrenome do piloto
Quarto colocado da prova: sobrenome do piloto
Quinto colocado da prova: sobrenome do piloto
Último colocado da prova (segundo a cronometragem oficial da FIA): sobrenome do piloto
Desafio: também não poderia ser outro que não envolvendo a Ferrari, a dona da casa. O desafio desta vez é mais simples, porém, complicado de se acertar. Quero saber: a Ferrari faz dobradinha na prova? É sim ou não, e não importa, caso venha a dobradinha, dizer se o vencedor será o Vettel ou o Raikkonen.

Para acompanhar ao vivo todos os lances na Itália:
Sexta-feira: 6h, primeiro treino, 10h, segundo treino livre, ambos pelo SporTV.
Sábado: 7h, terceiro treino livre, 10h, classificação, ambos  pelo SporTV.
Domingo: 10h10min, corrida pela Globo.



O Bolão depois de Spa

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

O Marcelo Vieira, assim como o Sebastian Vettel, foi o vencedor do GP da Bélgica, deixando o líder do Bolão, o Gabriel, além do Natanael e do André, na segunda colocação na prova de Spa, como o Lewis Hamilton, que aparece aí na reprodução da TV namorando o carro da Ferrari. Pois é, Hamilton, desde 2014 com o melhor carro da F-1, agora o foguete não é mais prateado e sim vermelho. É uma nova situação para o ainda líder do Mundial. Mas, te vira, tetracampeão! Aqui, e na F-1, a próxima parada já é em seguida, no domingo que vem, em Monza.

Parâmetros utilizados na Bélgica:
Pole: HAMILTON
Vencedor: VETTEL
Segundo colocado da prova: HAMILTON
Terceiro colocado da prova: VERSTAPPEN
Quarto colocado da prova: BOTTAS
Quinto colocado da prova: PEREZ
Último colocado da prova (segundo a cronometragem oficial da FIA): HULKENBERG
Desafio: não poderia ser outro se não o piloto da casa. Quero saber, em qual posição o Vandoorne termina na corrida? 15º

Bélgica:
1) Marcelo Vieira - 55 pontos
2) Gabriel Dias - 45 pontos
2) André Borges - 45 pontos
2) Natanael Felipe Rhoden - 45 pontos
5) Daniel Dias - 40 pontos
5) Guilherme Vieira - 40 pontos
7) Matteus Saldanha - 25 pontos
7) Marcelo Pereira - 25 pontos
7) Daniel Jacques - 25 pontos
10) Luiz Herrera - 15 pontos
10) Daniel Cardoso - 15 pontos
10) Mauro - 15 pontos
13) Mario Gayer do Amaral (Professor) - 10 pontos
14) Maurício Dias - 5 pontos
14) Francisco Cavalin - 5 pontos
14) Ismael Reichert - 5 pontos
14) Eduardo Saraiva - 5 pontos
18) Romário Braga - 0 ponto
18) Tiago Reimann - 0 ponto
18) Pedro Henrique - 0 ponto
18) Luis Mauro Gonçalves Rosa - 0 ponto

Total:
1) Gabriel Dias - 445 pontos
2) Marcelo Veira - 405 pontos
3) Mauro - 395 pontos
4) Ismael Reichert - 380 pontos
5) Daniel Dias - 375 pontos
5) Natanael Felipe Rhoden - 375 pontos
7) Maurício Dias - 345 pontos
8) Luiz Herrera - 325 pontos
9) Daniel Cardoso - 300 pontos
10) Marcelo Pereira - 280 pontos
11) Luiz Mauro Gonçalves Rosa - 275 pontos
12) Guilherme Vieira - 225 pontos
13) Tiago Reimann - 210 pontos
13) Matteus Saldanha - 210 pontos
15) Francisco Cavalin - 205 pontos
16) André Borges - 175 pontos
17) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 150 pontos
18) Pedro Henrique - 125 pontos
19) Eduardo Saraiva - 105 pontos
20) Romário Braga - 45 pontos
21) Daniel Jacques - 25 pontos



Vettel vence em Spa

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·






Para reverter a improvável pole position conquistada por Lewis Hamilton na chuva no sábado, Sebastian Vettel sabia que teria de jogar tudo no final da grande reta seguinte à Eau Rouge. E foi exatamente isso que aconteceu neste domingo, logo depois da largada do GP da Bélgica em Spa-Francorchamps. Vettel contornou a La Source – o grampo da primeira curva – praticamente ao lado do rival, pegou o vácuo da Mercedes já na Eau Rouge e ultrapassou o líder do campeonato antes da chicane da Les Combes. Com a vitória neste domingo, uma semana antes da prova de Monza, a casa da Ferrari, o alemão diminuiu a diferença no Mundial de Fórmula-1 de 24 para 17 pontos. Esse foi o resumo que deu a vitória para Vettel ainda na primeira volta. Mas a largada em Spa teve um momento dramático, quando Nico Hulkenberg errou o ponto de freada da Source e bateu forte na traseira de Fernando Alonso. Com isso, a McLaren levantou voo e caiu sobre a Sauber de Charles Leclerc, provocando em sequência a batida em Daniel Ricciardo, que se chocou com a parte de trás da Ferrari de Kimi Raikkonen, um dos favoritos em Spa. O australiano da Red Bull e o finlandês da Ferrari acabariam indo aos boxes, no entanto, tiveram de desistir, com Raikkonen saindo mais cedo por causa da traseira do carro seriamente avariada.
O acidente da largada serviu também para deixar evidente a eficácia do Halo, aquela peça horrorosa, porém, necessária, colocada sobre a cabeça do piloto. As imagens da TV mostraram o Halo da Sauber do piloto monegasco toda raspada, sugerindo que o toque das rodas de Alonso poderia ter sido contra a cabeça de Leclerc. Pronto! Seria muito bom que a partir de agora o mundo da F-1 não voltasse a fazer criticas à implantação dessa importante peça de segurança.
A décima terça etapa do Mundial – e primeira após as férias do verão europeu – teve bons momentos, principalmente com as recuperações de Max Verstappen, terceiro colocado no final, e Valtteri Bottas, o quarto, depois que o finlandês da Mercedes tomou uma punição no grid por ter peças do seu motor trocadas na sexta-feira. Entretanto, a corrida no sempre fantástico Spa deixou a desejar em termos de emoções na briga pelo primeiro lugar, limitadas às ações da volta inicial. Como não poderia ser diferente, Vettel estava muito feliz com a comprovação do atual melhor momento do carro da Ferrari, e comentou sua conquista:
- Tinha de recuperar o tempo perdido no sábado na largada. O Lewis me fechou um pouco na primeira curva mas eu sabia que a manobra mais importante viria a seguir. Na reta, tirei do vácuo dele na hora certa e pude ir embora. No ano passado, foi diferente, porque tirei de trás do carro dele na hora errada e não pude ultrapassar.
Vettel recordou a prova de Spa em 2017, talvez, a mais disputada da temporada, pois os dois rivais fizeram todas as 44 voltas da corrida colados um ao outro, com Hamilton levando a melhor. Por seu lado, o tetracampeão inglês se conformou neste domingo com a perda da primeira posição e continou exaltando sua façanha no treino de classificação:
- Não tinha muito o que fazer depois que o Sebastian passou. Já tinha feito um milagre no sábado, seria pouco provável que poderia fazer outro na prova.
Com um carro superior desde o GP da Inglaterra, a Ferrari tem todas as condições de dar outro "foguete" para Vettel no velocíssimo circuito de Monza. Em uma prova normal, sem incidentes, não tem como Hamilton combater os carros vermelhos nas grandes retas do circuito italiano. E a coisa não se limita à força do motor. Enquanto a Mercedes meio que estacionou nos acertos de sua máquina durante a temporada, a Ferrari projetou um carro inteiramente novo para este ano, e que não para de evoluir. A SF71H, o bólido italiano, é um carro em desenvolvimento. Já Hamilton tem a seu favor outras armas, também importantes: sua vantagem no campeonato, o talento incontestável de um dos maiores pilotos da história da F-1 e um carro ainda confiável. Monza será de arrepiar!

Resultado final do GP da Bélgica:
1) S. Vettel - Ferrari - 1h23min34s476
2) L. Hamilton - Mercedes - a 11s061
3) M. Verstappen - Red Bull - a 31s372

4) V. Bottas - Mercedes - a 1min03s605
5) S. Perez - Force India - a 1min11s023
6) E. Ocon - Force India - a 1min19s520
7) R. Grosjean - Haas - a 1min25s953
8) K. Magnussen - Haas - a 1min27s639
9) P. Gasly - Toro Rosso - a 1min45s892
10) M. Ericsson - Sauber - a uma volta

11) C. Sainz Jr - Renault - a uma volta
12) S. Sirotkin - Williams - a uma volta
13) L. Stroll - Williams - a uma volta
14) B. Hartley - Toro Rosso - a uma volta
15) S. Vandoorne - McLaren - a uma volta

16) D. Ricciardo - Red Bull - não completou
17) K. Raikkonen - Ferrari - não completou
18) C. Leclerc - Sauber - não completou
19) F. Alonso - McLaren - não completou
20) N. Hulkenberg - Renault - não completou

Melhor volta - V. Bottas - Mercedes - 1min46s286

Classificação do Mundial de Pilotos:
1) L. Hamilton - Mercedes - 231 pontos
2) S. Vettel - Ferrari - 214 pontos
3) K. Raikkonen - Ferrari - 146 pontos
4) V. Bottas - Mercedes - 144 pontos
5) M. Verstappen - Red Bull - 120 pontos
6) D. Ricciardo - Red Bull - 118 pontos
7) N. Hulkenberg - Renault - 52 pontos
8) K. Magnussen - Haas - 49 pontos
9) F. Alonso - McLaren - 44 pontos
10) S. Perez - Force India - 40 pontos
11) E. Ocon - Force India - 37 pontos
12) C. Sainz Jr - Renault - 30 pontos
13) P. Gasly - Toro Rosso - 28 pontos
14) R. Grosjean - Haas - 27 pontos
15) C. Leclerc - Sauber - 13 pontos
16) S. Vandoorne - McLaren - 8 pontos
17) M. Ericsson - Sauber - 6 pontos
18) L. Stroll - Williams - 4 pontos
19) B. Hartley - Toro Rosso - 2 ponto
20) S. Sirotkin - Williams - 0 ponto

Classificação do Mundial de Construtores:
1) Mercedes - 375 pontos
2) Ferrari - 360 pontos
3) Red Bull - 238 pontos
4) Renault - 82 pontos
5) Force India - 77 pontos
6) Haas - 76 pontos
7) McLaren - 52 pontos
8) Toro Rosso - 30 pontos
9) Sauber - 19 pontos
10) Williams - 4 pontos



Sorte de Hamilton começa a irritar

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Quem disse que sorte não tem nada a ver com o automobilismo? Só quem não entende de automobilismo.
E a sorte está mesmo ao lado de Lewis Hamilton. Não pela primeira vez no ano, a Ferrari tem o melhor carro para a pista mas na hora H cai a chuva e põe o piloto da Mercedes na pole position. A grosso modo, foi isso que aconteceu neste sábado em Spa-Francorchamps. E nessas circunstâncias, fica difícil de se esperar uma briga justa na atual Fórmula-1. Hamilton tem culpa disto? Claro que não! Entretanto, a coleção de sorte do inglês ante o incrível azar de Sebastian Vettel já começa a irritar a quem gostaria de ver uma luta justa entre os dois pilotos que buscam o pentacampeonato. Isso mesmo, o panorama atual está irritando o aficionado pelo automobilismo, porque nada tem a ver com competência. É evidente que na pista seca no domingo Vettel tem boas possibilidades de rever a situação, no entanto, ninguém pode afirmar que outro golpe de sorte não vá surgir em favor de Hamilton.
A chuva que caiu justamente no Q3 atrapalhou também o outro piloto da Ferrari e favoritaço para a vitória em Spa. Kimi Raikkonen saiu para a pista na hora errada e logo desistiu de buscar um melhor tempo. As condições do tempo favoreceram à antiga Force India e nova Racing Point, colocando Esteban Ocon e Sergio Perez na segunda fila. Valtteri Bottas foi punido por troca de componentes do motor e largará no final do pelotão.
Hamilton não precisa do componente sorte para colocar seu nome entre os maiores da história da F-1. Mas sorte, deste tamanho, eu nunca tinha visto!

1) L. Hamilton - Mercedes - a 1min58s179
2) S. Vettel - Ferrari - 1min28s905
3) E. Ocon - Force India - 2min01s851
4) S. Perez - Force India - 2min01s894
5) R. Grosjean - Haas - 2min02s122
6) K. Raikkonen - Ferrari - 2min02s671
7) M. Verstappen - Red Bull - 2min02s769
8) D. Ricciardo - Red Bull - 2min02s939
9) K. Magnussen - Haas - 2min04s933
10) V. Bottas - Mercedes - sem tempo Q3

11) P. Gasly - Toro Rosso
12) B. Hartley - Toro Rosso
13) C. Leclerc - Sauber
14) M. Ericsson - Sauber
15) N. Hulkenberg - Renault
16) C. Sainz Jr - Renault
17) F. Alonso - McLaren
18) S. Sirotkin - Williams
19) L. Stroll - Williams
20) S. Vandoorne - McLaren



Resultado do terceiro treino livre do GP da Bélgica

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

1) S. Vettel - Ferrari - 1min42s661
2) K. Raikkonen - Ferrari - a 0s063
3) L. Hamilton - Mercedes - a 0s137
4) V. Bottas - Mercedes - a 0s803
5) M. Verstappen - Red Bull - a 1s387
6) D. Ricciardo - Red Bull - a 1s818
7) C. Leclerc - Sauber - a 2s302
8) S. Perez - Force India - a 2s680
9) N. Hulkenberg - Renault - a 2s803
10) E. Ocon - Force India - a 2s824
11) M. Ericsson - Sauber - a 2s875
12) R. Grosjean - Haas - a 3s153
13) C. Sainz Jr - Renault - a 3s264
14) K. Magnussen - Haas - a 3s426
15) P. Gasly - Toro Rosso - a 3s521
16) B. Hartley - Toro Rosso - a 3s598
17) L. Stroll - Williams - a 3s841
18) S. Sirotkin - Williams - a 3s969
19) F. Alonso - McLaren - a 4s281
20) S. Vandoorne - McLaren - a 4s400



Raikkonen põe a Ferrari na frente em Spa

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Na volta da Fórmula-1 depois das férias do verão europeu, Kimi Raikkonen colocou a Ferrari na frente no primeiro dia de treinos livres no espetacular Spa-Francorchamps, na Bélgica. Em uma sexta-feira com os pilotos mais se desferrujando da parada que pisando pra valer, as duas Mercedes, do líder do campeonato, Lewis Hamilton, e Valtteri Bottas, ficaram logo atrás do Ice Man, com Sebastian Vettel apenas na quinta posição, atrás de Max Verstappen. Os tempos, no entanto, cairão bastante neste sábado, no terceiro treino livre e especialmente na classificação, a partir das 10h (nosso horário) com transmissão ao vivo pelo SporTV. A corrida, no domingo, está prevista para as 10h10min, e será transmitida pela Globo.
Raikkonen confirmou nesta sexta sua atual boa forma e seu perfeito entrosamento com o traçado do circuito belga, no qual coleciona quatro vitórias. O finlandês surge como um dos favoritos à vitória no domingo, podendo ser também uma importante ajuda para o companheiro Vettel, que tem uma desvantagem de 24 pontos para Hamilton no campeonato, depois de 12 etapas. Mas Raikkonen correrá mesmo por si, pois precisa urgentemente de uma vitória. Sua última aconteceu no já distante GP da Austrália de 2013, quando ainda corria pela Lotus.
Correndo em casa, Vandoorne conseguiu a façanha de ficar em último lugar nesta sexta, já adiantando sua saída da McLaren. Com a compra da Force India pelo pai de Stroll, Lawrwnce Stroll, e a ida do filho para a nova equipe ainda neste ano, a partir do GP de Cingapura, Ocon deve ser anunciado no lugar do belga na equipe inglesa, para correr ao lado de Fernando Alonso neste ano e com Carlos Sainz Jr. em 2019. Nessa dança das cadeiras, Robert Kubica assumirá o banco de Stroll na Williams.

1.   Raikkonen, Ferrari, 1:43:355
2.   Hamilton, Mercedes, a 0:168
3.   Bottas, Mercedes, a 0:448
4.   Verstappen, Red Bull, a 0:691
5.   Vettel, Ferrari, a 0:774
6.   Ricciardo, Red Bull, a 0:895
7.   Perez, Force India, a 1:307
8.   Sainz Jr., Renault, a 2:126
9.   Ericsson, Sauber, a 2:182
10. Leclerc, Sauber, a 2:267
11. Hulkenberg, Renault, a 2:398
12. Grosjean, Haas, a 2:462
13. Ocon, Force India, a 2:580
14. Magnussen, Haas, a 2:723
15. Gasly, Toro Rosso, a 2:725
16. Alonso, McLaren, a 2:798
17. Hartley, Toro Rosso, a 2:982
18. Sirotskin, Williams, a 3:096
19. Stroll, Williams, a 3:115
20. Vandoorne, McLaren, 3:141



Quem vence na Bélgica?

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

E finalmente chegamos à volta da F-1, depois de quase um mês de recesso. O retorno da batalha entre Lewis Hamilton e Sebastian Vettel pelo penta não poderia ter melhor palco. Spa-Francorchamos é superlativo e não precisa de apresentação. No ano passado, tivemos uma das melhores disputas da temporada, com os dois rivais brigando durante toda a corrida, com a vitória do inglês.
As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação no sábado. Boa sorte!

Regulamento e itens para Spa:
Pole: sobrenome do piloto
Vencedor: sobrenome do piloto
Segundo colocado da prova: sobrenome do piloto
Terceiro colocado da prova: sobrenome do piloto
Quarto colocado da prova: sobrenome do piloto
Quinto colocado da prova: sobrenome do piloto
Último colocado da prova (segundo a cronometragem oficial da FIA): sobrenome do piloto
Desafio: não poderia ser outro se não o piloto da casa. Quero saber, em qual posição o Vandoorne termina na corrida?

Para acompanhar ao vivo todos os lances na Bélgica:
Sexta-feira: 6h, primeiro treino, 10h, segundo treino livre, ambos pelo SporTV.
Sábado: 7h, terceiro treino livre, 10h, classificação, ambos  pelo SporTV.
Domingo: 10h10min, corrida pela Globo.



Sainz Jr. e Gasly trocam de banco

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

A temporada deste ano nem recomeçou na sua segunda parte e a dança das cadeiras dos pilotos para o próximo ano está quase encerrada. Nesta quinta-feira, foram anunciados Carlos Sainz Jr. na McLaren, em substituição ao outro espanhol Fernando Alonso, e o francês Pierre Gasly na Red Bull. Com a provável continuidade do finlandês Kimni Raikkonen na Ferrari e do monegasco Charles Leclerc na Sauber, além de o canadense Lance Stroll na Force India, restam dois bancos, um na Williams e outro na Toro Rosso.
Mais forte que os anúncios desta quinta é o ocaso das equipes inglesas na Fórmula-1, embora 10 de 11 escuderias têm suas fábricas no Reino Unido. A exceção é a Ferrari. Com a saída de Alonso, a McLaren caminha tristemente para o limbo em que já está a Williams, atualmente, dona do pior carro do grid.



O adeus de Alonso. Será?

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Em comunicado oficial, a McLaren anunciou nesta terça a aposentadoria de Fernando Alonso da Fórmula-1 no final deste ano. Depois de 17 temporadas na principal categoria do automobilismo e dois títulos, o espanhol de 37 anos e um dos melhores de todos os tempos se afasta. E é isso mesmo, se afasta, porque ele próprio acena com a possibilidade de voltar para a McLaren daqui a um tempo.
Infelizmente, o péssimo gênio de Alonso fora das pistas acabou jogando contra ele. Mas continuo achando que a Red Bull deveria pegá-lo para a próxima temporada.



Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal