Hamilton vence no México - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Hamilton vence no México

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·



Lewis Hamilton carregou sozinho o carro nas costas, depois de mais um erro da equipe na estratégia de corrida, e segurou a primeira posição neste domingo do GP do México, chegando a sua vitória de número 83, faltando, portanto, oito para alcançar o recorde de Michael Schumacher e apenas um ponto de assegurar seu hexa matematicamente.
Em relação ao sábado, a corrida no circuito Hermanos Rodriguez começou a mudar algumas horas após o treino de classificação, no qual Max Verstappen conseguira a pole position. Arrogantemente, no entanto, o holandês acabou morrendo pela boca, quando confessou na entrevista coletiva que preferiu desconhecer a presença da bandeira amarela vinda com a batida de Valtteri Bottas no final do Q3. Pouco depois, Verstappen mentiu em outra entrevista afirmando que não tinha visto a bandeira amarela. Não adiantou. Os comissários decidiram aplicar uma punição de três posições no grid de largada, com o piloto da Red Bull ficando em quarto, atrás das duas Ferrari e de Hamilton.
Os problemas com Verstappen continuaram na largada, quando se envolveu em uma briga com Hamilton e acabou tendo um pneu furado. No final, o holandês ainda chegou em sexto e acabou sendo eleito como o melhor piloto da prova pelo telespectadores da transmissão da TV. Uma injustiça, pois um piloto que sofre uma punição não pode ter sido melhor que Sebastian Vettel, segundo da prova, e principalmente que o vencedor Hamilton. O inglês teve de batalhar muito pela vitória, após a equipe tê-lo chamado muito cedo para colocar pneus duros. Com isso, o quase hexacampeão teve de correr com esses pneus na maior parte da prova, sustentando as investidas de Vettel e de Botas, que trocaram os pneus bem mais tarde. Pole position depois da punição a Verstappen, Charles Leclerc garantiu a ponta na largada mas foi traído por uma má tática de corrida da Ferrari, terminando em quarto.
No próximo domingo, é quase certo que Hamilton garanta matematicamente seu sexto título no GP dos EUA, no Texas, bem como a norte-americana Liberty, a nova dona da Fórmula-1, sonhava. Em relação ao México, só aplausos, com mais uma grande corrida e uma surpresa no final, com o carro de Hamilton sendo içado para o pódio juntamente com o piloto da Mercedes.

Resultado final do GP do México:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1h36min48s904
2) S. Vettel - Ferrari - a 1s766
3) V. Bottas - Mercedes - a 3s553

4) C. Leclerc - Ferrari - a 6s368
5) A. Albon - Red Bull - a 21s399
6) M. Verstappen - Red Bull - a 1min08s807
7) S. Perez - Racing Point - a 1min13s819
8) D. Ricciardo - Renault - 1min14s924
9) P. Gasly - Toro Rosso - a uma volta
10) N. Hulkenberg - Renault - a uma volta

11) D. Kvyat - Toro Rosso - a uma volta - punido
12) L. Stroll - Racing Point - a uma volta
13) C. Sainz Jr - McLaren - a uma volta
14) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a uma volta
15) K. Magnussen - Haas - a duas voltas
16) G. Russell - Williams - a duas voltas
17) R. Grosjean - Haas - a duas voltas
18) R. Kubica - Williams - a duas voltas

19) K. Raikkonen - Alfa Romeo - não completou
20) L. Norris - McLaren - não completou

Piloto do Dia - M. Verstappen - Red Bull
Melhor volta - C. Leclerc - Ferrari - 1min19s232

Mundial de Pilotos 2019:
1) L. Hamilton - Mercedes - 363 pontos
2) V. Bottas - Mercedes - 289 pontos
3) C. Leclerc - Ferrari - 236 pontos
4) S. Vettel - Ferrari - 230 pontos
5) M. Verstappen - Red Bull - 220 pontos
6) P. Gasly - Red Bull - 77 pontos
7) C. Sainz Jr - McLaren - 76 pontos
8) A. Albon - Toro Rosso - 74 pontos
9) S. Perez - Racing Point - 43 pontos
10) D. Ricciardo - Renault - 38 pontos
11) N. Hulkenberg - Renault - 35 pontos
12) L. Norris - McLaren - 35 pontos
13) D. Kvyat - Toro Rosso - 34 pontos
14) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 31 pontos
15) L. Stroll - Racing Point - 21 pontos
16) K. Magnussen - Haas - 20 pontos
17) R. Grosjean - Haas - 8 pontos
18) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 4 ponto
19) R. Kubica - Williams - 1 ponto
20) G. Russell - Williams - 0 ponto

Mundial de Construtores 2019:
1) Mercedes - 652 pontos
2) Ferrari - 466 pontos
3) Red Bull - 341 pontos
4) McLaren - 111 pontos
5) Renault - 73 pontos
6) Toro Rosso - 64 pontos
7) Racing Point - 64 pontos
8) Alfa Romeo - 35 pontos
9) Haas - 28 pontos
10) Williams - 1 ponto



2 comentários
Média dos votos: 125.0/5
Daniel Dias
2019-10-28 03:23:59
Com certeza, Francisco. Mas foi o próprio Hamilton que reclamou da equipe por ter sido chamado muito cedo. Mas pode ter sido blefe dele tb.
Francisco Cavalin
2019-10-28 01:14:05
Daniel. Desculpe discordar, de ti e de todos que estavam na transmissão do SporTV. Foi exatamente pela estratégia de parar antes dos outros que Hamilton pode "ultrapassá-los" e chegar em primeiro. O pneu duro durava a corrida inteira, como demonstrou o Verstappen, a diferença para o médio era pequena e o macio não durava mais de 20 voltas. Hamilton voltou mais rápido e ultrapassou Vettel, Leclerc e Albon. Quando esses trocaram pelo duro, Hamilton só teve que administrar.

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal