Schumacher 50 anos! - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Schumacher 50 anos!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Michael Schumacher completa nesta quinta-feira, dia 3 de janeiro, 50 anos de vida. Desde dezembro de 2013, porém, o maior recordista da Fórmula-1 não tem uma vida, propriamente dita, após o lamentável acidente de esqui nos Alpes, que o deixou em coma permanente. Os 50 anos do heptacampeão deve ser lembrado e reverenciado, porém, nos levam também a lembrar a essência do que Schumacher foi nas pistas, além do espetacular piloto. O Túnel do Tempo que o SporTV está levando ao ar nas férias da F-1 mostrou no final de 2018 a corrida, na íntegra, da Austrália de 1994, aquela que deu o primeiro título para o alemão. Voltando no tempo, podemos rever o quanto o Schumacher foi um patife naquela corrida. E deu raiva, de novo!
Para quem não lembra, o Schumi liderava a prova quando se perdeu em uma curva de ângulo reto do circuito urbano de Adelaide. Schumacher conseguiu voltar para a pista mas com a suspensão dianteira estourada. A Benetton ficou tão avariada que mal conseguia fazer curva. Damon Hill, da Williams, vinha em segundo e precisava chegar à frente do rival para conquistar o título. O inglês colou então em Schumacher e tentou ultrapassar pela direita na curva seguinte. Sabendo que não mais ficaria na pista, Schumacher jogou o carro sobre o inglês. Como resultado do choque proposital, Hill levou a Williams para os boxes, no entanto, os mecânicos logo viram que a suspensão dianteira direita estava quebrada. E essa é uma das peças de um carro de competição que não podem ser trocadas durante uma corrida.
Com aquilo, Schumacher conquistou o campeonato e ainda vibrou descaradamente quando um fiscal lhe informou que o Hill tinha abandonado a prova. O alemão foi bandido, e seria novamente bandido na decisão de 1997, contra Jacques Villeneuve, em Jerez de la Frontera, na Espanha. Oras, se a FIA excluiu o Schumacher do campeonato em 97, por que não fez o mesmo em 94?
Esses dois episódios foram os mais gritantes para revelar a veia de Dick Vigarista do alemão. Outros casos ocorreriam depois, como em 2012 quando ele jogou o carro em cima do de Rubens Barrichello na reta de Hungaroring e ao atravessar a sua Mercedes na curva final de Monte Carlo no momento em que tinha o melhor tempo da classificação para que ninguém mais conseguisse passar por ali e superá-lo.
Por tudo isso, retiro o nome de Schumacher da galeria dos maiores pilotos de todos os tempos. Um grande piloto é um somatório de coisas. Em um quesito fundamental, a esportividade, coloca o Schumacher bem distante, por exemplo, dos três maiores da história contemporânea da F-1: Lewis Hamilton, Fernando Alonso e Sebastian Vettel.
Mesmo assim, parabéns Michael Schumacher!



2 comentários
Média dos votos: 120.0/5
Daniel Dias
2019-01-08 00:33:08
Isto mesmo, campeão. Vc está correto nas duas coisas.
Valeu!
Natanael Felipe Rhoden
2019-01-03 18:27:06
A estacionada na Rascasse ainda foi com a Ferrari e não passou impune, largou lá atrás como punição. Só não lembro o ano correto. Em 2012 ele realmente fez o melhor tempo, porém perderia 5 posições no grid de largada por troca de peças no carro, não lembro se era o câmbio.

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal