Penta de Hamilton fica pro México - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Penta de Hamilton fica pro México

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Kimi Raikkonen venceu neste domingo o GP dos EUA, disputado no Circuito das Américas, e a confirmação do pentacampeonato de Lewis Hamilton ficou adiada para a próxima semana, no GP do México. O inglês da Mercedes liderou boa parte da corrida em Austin mas terminou em terceiro lugar, atrás de Max Verstappen. Sebastian Vettel completou em quarto após ter se envolvido em uma batida com Daniel Ricciardo na primeira volta, quando o piloto da Red Bull poderia ter aliviado as coisas para o alemão, que tinha já ultrapassado o australiano no curvão de três tomadas localizado na parte final do traçado do Circuito das Américas. Com isso, Vettel caiu para o fim do pelotão e teve de fazer uma prova de recuperação.
Partindo do segundo lugar no grid, Raikkonen largou mais rápido e ultrapassou Hamilton, o pole position, na tomada da curva 1. Pouco mais tarde, a direção de prova acionou o safety car virtual. A Mercedes decidiu então alterar a tática de corrida de Hamilton, chamando seu piloto para o primeiro de dois pit stops, estratégia utilizada apenas no carro do inglês. Com a "saída" do safety car virtual, Hamilton subiu facilmente para o primeiro lugar e passou a imprimir um ritmo forte, pois teria de parar novamente.
Raikkonen fez sua parada normal e voltou para a pista com pneus macios (os amarelos), suficientes para levá-lo até o final da prova. Enquanto Ricciardo abandonava a corrida com problemas mecânicos, o GP dos EUA ficou em "Banho Maria", na espera do que aconteceria depois de Hamilton fazer a sua segunda parada. Como previsto, Hamilton fez o segundo pit stop e Raikkonen voltou à liderança, com Verstappen em segundo, à frente de Valtteri Bottas, Hamilton e Vettel.
Bottas abriu passagem para o companheiro em seguida. A indefinição pela vitória marcou a parte final do GP dos EUA, com Hamilton sendo o mais rápido da pista naquele momento. Nas 10 últimas voltas, o tetracampeão da Mercedes encostou em Verstappen, que tinha uma pequena diferença para o líder Raikkonen. A duas voltas da bandeirada, Hamilton tentou passar o holandês da Red Bull. Os dois andaram lado a lado em duas curvas até o inglês passar sobre uma sujeira, indo parar na área de escape. Ao mesmo tempo, Vettel conseguia superar Bottas, garantindo a quarta posição. Hamilton, no entanto, conseguiu retornar e cruzou a bandeirada final novamente próximo a Verstappen.
O GP dos EUA não confirmou matematicamente o quinto título de Hamilton, entretanto, foi um dia de festa para todos que acompanham de perto a Fórmula-1. Tudo isso por causa da vitória de Raikkonen, a primeira desde sua última conquista, ainda com a Lotus, no início da temporada de 2013. O Homem de Gelo finalmente voltou a sorrir e subiu ao topo do pódio sem largar mão dos já tradicionais óculos escuros, uma marca do finlandês neste seu último ano de Ferrari, pois será substituído – absurda e inexplicavelmente – por Charles Leclerc em 2019. Nada contra o talentoso piloto monegasco, mas tudo a favor de Raikkonen.
Hamilton não saiu de Austin com a faixa no peito, no entanto, ficou ainda mais perto do penta. No México, bastará a sétima colocação para o inglês, mesmo se Vettel vencer no Circuito Hermanos Rodriguez.

Resultado final do GP dos EUA:
1) K. Raikkonen - Ferrari - 1h34min18s643
2) M. Verstappen - Red Bull - a 1s281
3) L. Hamilton - Mercedes - a 2s342

4) S. Vettel - Ferrari - a 18s222
5) V. Bottas - Mercedes - a 24s744
6) N. Hulkenberg - Renault - a 1min27s210
7) C. Sainz Jr - Renault - a 1min34s994
8) E. Ocon - Force India - a 1min39s288
9) K. Magnussen - Force India - a 1min40s657
10) S. Perez - Force India - a 1min41s080

11) B. Hartley - Toro Rosso - a uma volta
12) M. Ericsson - Sauber - a uma volta
13) S. Vandoorne - McLaren - a uma volta
14) P. Gasly - Toro Rosso - a uma volta
15) S. Sirotkin - Williams - a uma volta
16) L. Stroll - Williams - a duas voltas

17) C. Leclerc - Sauber - não completou
18) D. Ricciardo - Red Bull - não completou
19) R. Grosjean - Haas - não completou
20) F. Alonso - McLaren - não completou

Melhor volta - L. Hamilton - Mercedes - 1min37s392

Classificação do Mundial de Pilotos:
1) L. Hamilton - Mercedes - 346 pontos
2) S. Vettel - Ferrari - 276 pontos
3) K. Raikkonen - Ferrari - 221 pontos
4) V. Bottas - Mercedes - 217 pontos
5) M. Verstappen - Red Bull - 191 pontos
6) D. Ricciardo - Red Bull - 146 pontos
7) N. Hulkenberg - Renault - 61 pontos
8) K. Magnussen - Haas - 55 pontos
9) S. Perez - Force India - 54 pontos
10) E. Ocon - Force India - 53 pontos
11) F. Alonso - McLaren - 50 pontos
12) C. Sainz Jr - Renault - 45 pontos
13) R. Grosjean - Haas - 31 pontos
14) P. Gasly - Toro Rosso - 28 pontos
15) C. Leclerc - Sauber - 21 pontos
16) S. Vandoorne - McLaren - 8 pontos
17) L. Stroll - Williams - 6 pontos
18) M. Ericsson - Sauber - 6 pontos
19) B. Hartley - Toro Rosso - 2 ponto
20) S. Sirotkin - Williams - 1 ponto

Classificação do Mundial de Construtores:
1) Mercedes - 563 pontos
2) Ferrari - 497 pontos
3) Red Bull - 337 pontos
4) Force India - 107 pontos
5) Renault - 106 pontos
6) Haas - 86 pontos
7) McLaren - 58 pontos
8) Toro Rosso - 30 pontos
9) Sauber - 27 pontos
10) Williams - 7 pontos



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal