Os salários dos pilotos - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Os salários dos pilotos

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Em 2007, quem não queria ver dois sujeitos sonhando com o rim do outro servido na mesa, não convidava Fernando Alonso e Lewis Hamilton pra mesma festa. Hoje, aliás, já faz um bom tempo, o espanhol da McLaren e o inglês da Mercedes só não são bons amigos porque o estilo de vida de cada um não tem nada a ver com o do outro.
Mas Alonso e Hamilton se dão bem. E é exatamente esta dupla a que mais ganha em termos de salário anual na Fórmula-1. Cada um ganha 18,7 milhões de euros por ano. É mais ou menos o que recebia o Michael Schumacher nos seus bons tempos de Ferrari. Ayrton Senna, Nelson Piquet, Alain Prost, Nigel Mansell, Niki Lauda, todos ganhavam bem menos, em uma época que a F-1 ainda não tinha extrapolado em termos de pagamento dos pilotos. De qualquer modo, eles ganharam muito na F-1 também em termos salariais.

Olhem a lista atual:
1. Fernando Alonso (McLaren) e Lewis Hamilton (Mercedes), 18,7 milhões de euros
3. Sebastian Vettel (Ferrari) e Daniel Ricciardo (Red Bull), 14,1 milhões de euros
5. Nico Hulkenberg (Renault), 9,4 milhões de euros
6. Max Verstappen (Red Bull) e Romain Grosjean (Haas), 6,6 milhões de euros
8. Valtteri Bottas (Mercedes) e Kimi Raikkonen (Ferrari), 5,6 milhões de euros
10. Sergio Perez (Force India) e Felipe Massa (Williams), 4,7 milhões de euros
12. Stoffel Vandoorne (McLaren), 2,8 milhões de euros
13. Esteban Ocon (Force India), 1,9 milhões de euros
14. Kevin Magnussen (Haas) e Carlos Sainz (Toro Rosso), 1,4 milhões de euros
16. Jolyon Palmer (Renault), Lance Stroll (Williams), Daniil Kvyat (Toro Rosso) e Marcus Ericsson (Sauber), 940.000 euros
20. Pascal Wehrlein (Sauber), 470.000 euros



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal