Hamilton vence em Silverstone. No drama! - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Hamilton vence em Silverstone. No drama!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·



Após brilhar no treino de classificação, o hexa/heptacampeão Lewis Hamilton decidiu tudo na largada e deixou o companheiro de Mercedes Valtteri Bottas para trás, conquistando sua terceira vitória no ano em quatro etapas e abriu na liderança do Mundial de Fórmula-1. Porém, teve drama! E muito! No final, Bottas teve o pneu esquerdo dianteiro estourado e foi parar fora da zona de pontuação. Mas aconteceriam mais coisas. Com Bottas parando para trocar pneus, Max Verstappen assumiu tranquilamente a segunda posição e parou nos boxes para colocar pneus novos e buscar a melhor volta da corrida. Aí veio o grande erro da Mercedes. Como o carro de Bottas deu o recado poucas voltas antes, a equipe deveria ter chamado o Hamilton para colocar pneus novos. Para buscar a melhor volta? Não! Porque o Verstappen tinha parado e, se o inglês tivesse parado, não teria passado pelo sufoco final. O pneu que estourou nas duas Mercedes foi o mesmo (o dianteiro esquerdo), aquele que mais apoia em Silverstone, porque a maioria das curvas é para a direita. No entanto, como a sorte está no lado dos melhores, era a metade da última volta, e Hamilton pode levar o carro até a bandeirada com o pneu furado e cruzar a linha poucos metros à frente de Verstappen.
Ou seja, se o Verstappen não tivesse parado, teria vencido o GP da Inglaterra. Todavia, isso não pode ser creditado como um erro da Red Bull, que buscava apenas o ponto extra da volta mais rápida. O que conseguiu! Com pouco tempo para tomar uma decisão, a Red Bull não pensou que o Hamilton também poderia enfrentar problemas com os pneus. A Mercedes, sim, errou em não ter chamado o Hamilton, mas isso já é história contada.
Com mais uma vitória, Hamilton está agora a quatro das 91 de Michael Schumacher e cinco de ser o maior de todos também em números. Meu compatriota inglês abre agora 30 pontos à frente do companheiro Bottas, que vê Verstappen somente seis atrás. Como a corrida da próxima semana será também em Silverstone, o GP dos 70 Anos da Fórmula-1, a diferença na liderança só tende a crescer. Aliás, tenderia a crescer em qualquer circuito, pois Hamilton habita outro planeta, ou talvez o Olimpo.
Só para acrescentar e puxar o peixe pra minha brasa, o segundo nome da temporada é também inglês, o ótimo Lando Norris, o quarto colocado da temporada e quinto na prova deste domingo.
Good sunday for all!

Resultado final:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1h28min01s283
2) M. Verstappen - Red Bull - a 5s856
3) C. Leclerc - Ferrari - a 18s474

4) D. Ricciardo - Renault - a 19s560
5) L. Norris - McLaren - a 22s277
6) E. Ocon - Renault - a 26s937
7) P. Gasly - Alpha Tauri - a 31s188
8) A. Albon - Red Bull - a 32s670
9) L. Stroll - Racing Point - a 37s311
10) S. Vettel - Ferrari - a 41s857

11) V.Bottas - Mercedes - a 42s167
12) G. Russell - Williams - a 52s004
13) C. Sainz Jr - McLaren - a 53s370
14) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a 54s205
15) N. Latifi - Williams - 54s549
16) R. Grosjean - Haas - a 55s050
17) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a uma volta

18) D. Kvyat - Alpha Tauri - não completou
19) K. Magnussen - Haas - não completou
20) N. Hulkenberg - Racing Poit - não largou

Volta mais rápida - Max Verstappen - Red Bull - 1min27s097

Mundial de Pilotos 2020:
1) L. Hamilton - Mercedes - 88 pontos
2) V. Bottas - Mercedes - 58 pontos
3) M. Verstappen - Red Bull - 52 pontos
4) L. Norris - McLaren - 36 pontos
5) C. Leclerc - Ferrari - 33 pontos
6) A. Albon - Red Bull - 26 pontos
7) S. Perez - Racing Point - 22 pontos
8) L. Stroll - Racing Point - 20 pontos
9) D. Ricciardo - Renault - 20 pontos
10) C. Sainz Jr - McLaren - 15 pontos
11) E. Ocon - Renault - 12 pontos
12) P. Gasly - Alpha Tauri - 12 pontos
13) S. Vettel - Ferrari - 10 pontos
14) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 2 pontos
15) D. Kvyat - ALpha Tauri - 1 ponto
16) K. Magnussen - Haas - 1 ponto
17) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 0 ponto
18) G. Russell - Williams - 0 ponto
19) N. Latifi - Williams - 0 ponto
20) R. Grosjean - Haas - 0 ponto

Mundial de Construtores:
1) Mercedes - 146 pontos
2) Red Bull - 78 pontos
3) McLaren - 51 pontos
4) Ferrari - 43 pontos
5) Racing Point - 42 pontos
6) Renault - 32 pontos
7) Alpha Tauri - 13 pontos
8) Alfa Romeo - 2 pontos
9) Haas - 1 ponto
10) Williams - 0 ponto



4 comentários
Média dos votos: 140.0/5
Francisco Cavalin
2020-08-04 15:21:29
Daniel. Falei besteira, a ideia do GP dos 70 anos é usar pneus mais macios e NÃO mais duros, mas a FIA pode rever isto, por causa dos 3 pneus furados no fim da corrida de domingo.
Francisco Cavalin
2020-08-02 22:06:18
Daniel. Tu tens razão, eu me perdi nas voltas finais. Verstappen não poderia ter trocado os pneus na última volta para fazer a melhor volta. Ele trocou na penúltima.
Daniel Dias
2020-08-02 20:19:20
Se o Hamilton tivesse parado depois da parada do Verstappen, ele teria ficado na frente, evidentemente.
Francisco Cavalin
2020-08-02 19:50:02
Daniel, não creio que a Mercedes tenha errado, não pelo resultado que foi perfeito para Hamilton e péssimo para o Bottas, bom para a corrida que estava muito chata, pena para o campeonato. Se Hamilton parasse teria terminado em segundo. Acho que valeu o risco. Em 1986, Piquet perdeu o campeonato, porque a Willians chamou ele para os boxes depois que o pneu do Mansel estourou no meio da reta. Hamilton, perdeu o GP de Mônaco para Rosberg, depois que parou para trocar os pneus num safety car e Vettel e Rosberg não pararam, pois achou que estava com os pneus desgastados. Sains também faziam uma grande corrida, quando foi surpreendido pelo mesmo pneus esquerdo dianteiro. Mas semana que vem, os pneus serão mais duros e resistentes, provavelmente, não haverá problemas com pneus furados.

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal