Hamilton vence o GP da Estíria - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Hamilton vence o GP da Estíria

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·






Depois do revés da semana passada, a história da segunda etapa do Mundial de Fórmula-1, na mesma pista austríaca, já estava escrita antes mesmo da largada da prova deste domingo. Lewis Hamilton não deu chances pra ninguém, após ter conquistado a pole position debaixo de muita chuva de forma espetacular. Com o vencedor do GP da Estíria – nome do Estado em que está localizado o circuito Red Bull Ring Zeltweg – conhecido já desde a bandeirada da primeira etapa, na qual o hexacampeão ainda levou uma punição injusta por um toque normal com Alexander Albon – sem culpados -, as disputas neste domingo ficaram para a turma que vinha atrás. Com uma prova consistente, Valtteri Bottas, líder do campeonato, largou em quarto e foi ganhando posições até chegar ao segundo lugar, se valendo por ter mais pneus que Max Verstappen no final.
Terceiro colocado na primeira etapa, o ótimo Lando Norris brilhou mais uma vez neste domingo, tomando duas colocações na última curva do circuito e terminando em quinto lugar. Mas se a corrida da Estíria tivesse de ter o piloto do dia, esse seria Sergio Perez – evidentemente, sem contar o Hamilton. O mexicano largou lá de trás e fez uma prova muito legal, só cometendo um erro bobo no final quando atrasou uma freada e bateu seu carro.
A primeira volta do GP da Estíria mostrou o retrato atual da equipe Ferrari. Afobado, Charles Leclerc, alçado como grande piloto da escuderia italiana depois da demissão de Sebastian Vettel (o maior erro da Ferrari desde sua fundação), fez uma manobra amplamente desastrada e bateu em seu companheiro. O choque foi tão estúpido que a Ferrari de número 16, que vinha atrás, decolou e bateu com as rodas traseiras no aerofólio principal de Vettel, acabando com a corrida dos dois. Menos mal que o monegasco tenha pedido desculpas para Vettel, reconhecendo seu erro infantil.
O Mundial continua já no próximo domingo com o GP da Hungria, no terrível circuito de Hungaroring. Neste fim de semana, a F-1 confirmou mais dois GPs para a temporada, completando, por enquanto, dez etapas.
Hamilton foi 100% Hamilton neste fim de semana. Tudo está em seu lugar. Ainda bem! Faltam seis vitórias para ele se igualar a Michael Schumacher e um título. Provavelmente, os dois chegarão já neste ano.

Resultado final do GP da Estíria:
1) L. Hamilton – Mercedes – 1h22min50s683
2) V. Bottas – Mercedes – a 13s719
3) M. Verstappen – Red Bull – a 33s698

4) A. Albon – Red Bull – a 44s400
5) L. Norris – McLaren – a 1min01s470
6) S. Perez – Racing Point – a 1min02s387
7) L. Stroll – Racing Point – a 1min02s453
8) D. Ricciardo – Renault – a 1min02s591
9) C. Sainz Jr – McLaren – a uma volta
10) D. Kvyat – Alpha Tauri – a uma volta

11) K. Raikkonen – Alfa Romeo – a uma volta
12) K. Magnussen – Haas – a uma volta
13) R. Grosjean – Haas – a uma volta
14) A. Giovinazzi – Alfa Romeo – a uma volta
15) P. Gasly – Alpha Tauri – a uma volta
16) G. Russell – Williams – a duas voltas
17) N. Latifi – Williams – a duas voltas

18) E. Ocon – Renault – não completou
19) C. Leclerc – Ferrari – não completou
20) S. Vettel – Ferrari – não completou

Melhor Volta – C. Sainz Jr – McLaren – 1min05s619

Mundial de Pilotos 2020:
1) V. Bottas – Mercedes – 43 pontos
2) L. Hamilton – Mercedes – 37 pontos
3) L. Norris – McLaren – 26 pontos
4) C. Leclerc – Ferrari – 18 pontos
5) S. Perez – Racing Point – 16 pontos
6) M. Verstappen – Red Bull – 15 pontos
7) C. Sainz Jr – McLaren – 13 pontos
8) A. Albon – Red Bull – 12 pontos
9) P. Gasly – Alpha Tauri – 6 pontos
10) L. Stroll – Racing Point – 6 pontos
11) E. Ocon – Renault – 4 pontos
12) D. Ricciardo – Renault – 4 pontos
13) A. Giovinazzi – Alfa Romeo – 2 pontos
14) D. Kvyat – Alpha Tauri – 1 ponto
15) S. Vettel – Ferrari – 1 ponto
16) K. Raikkonen – Alfa Romeo – 0 ponto
17) K. Magnussen – Haas – 0 ponto
18) R. Grosjean – Haas – 0 ponto
19) G. Russell – Williams – 0 ponto
20) N. Latifi – Williams – 0 ponto

Mundial de Construtores 2020:
1) Mercedes – 80 pontos
2) McLaren – 39 pontos
3) Red Bull – 27 pontos
4) Racing Point – 22 pontos
5) Ferrari – 19 pontos
6) Renault – 8 pontos
7) Alpha Tauri – 7 pontos
8) Alfa Romeo – 2 pontos
9) Haas – 0 ponto
10) Williams – 0 ponto



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal