Vettel vence em Mônaco - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Vettel vence em Mônaco

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Sebastian Vettel conquistou sua terceira vitória no ano neste domingo em Mônaco e abriu um caminhão de vantagem sobre Lewis Hamilton, que teve problemas no treino de classificação no sábado e largou na sétima fila. No triunfo de Vettel, no entanto, vai um grande senão. Nada contra o tetracampeão, mas tudo contra a Ferrari, que lembrou os velhos tempos de corridas em favor apenas de Michael Schumacher e destruiu a prova do pole position Kimi Raikkonen, chamando o finlandês para o único pit stop em momento errado. Com isto, Raikkonen voltou no meio do tráfego e perdeu muito tempo. Quando Vettel finalmente parou, muito tempo depois do pit de Raikkonen, o líder do campeonato tomou a ponta para não mais perdê-la.
Como sempre, a corrida em Monte Carlo, salvo o risco constante de uma batida no guard-rail, foi um porre absoluto. Sem a esperteza da Ferrari, Hamilton fez o que pode. Com seu piloto largando muito atrás em uma pista com ultrapassagen quase impossíveis, a Mercedes bem que poderia ter ousado na tática de Hamilton, como o chamando para trocar pneus já no começo da corrida. Nada disto aconteceu e o tricampeão teve de se virar para galgar posições nas paradas de boxe e terminar em sétimo.
A monotonia no Principado foi interrompida na volta 61, com uma barbeiragem do veterano Jenson Button, substituto de Fernando Alonso, que corre nas 500 Milhas de Indianápolis neste domingo, na McLaren. O campeão de 2009 bateu inexplicavelmente em Pascal Wehrlein na entrada do Túnel, quando os dois tinham acabado de levar uma volta do líder Vettel. Com o choque, a Sauber de Wehrlein ficou espetada no guard-rail de lado junto ao mar.
Mais tarde, na volta 65, o companheiro de Wehrlein, o desastrado Marcus Ericsson foi descontar uma volta passando o safety car e não conseguiu fazer a primeira curva, a Saint-Devote, e bateu pateticamente no guard-rail.
Falando na Saint-Devote, Mônaco mostrou que pode dar uma de Terceiro Mundo. Com os pneus mais largos neste ano, o asfalto da curva não resistiu e derreteu, colocando os pilotos em risco. Isto mesmo, você leu certo: o asfalto derreteu, assim como nas péssimas ruas de São Paulo ou Porto Alegre, por exemplo! O Príncipe Albert terá de dar alguma explicação para os novos donos da Fórmula-1.
Com 25 pontos à frente de Hamilton, Vettel vai para o Canadá com uma folga muito grande na disputa pelo título da temporada. Mais do que a diferença, a superioridade do carro da Ferrari atualmente conta ainda mais do que os pontos.

1) S. Vettel – Ferrari – 1h44min340
2) K. Raikkonen – Ferrari – a 3s145
3) D. Ricciardo – Red Bull – a 3s745

4) V. Bottas – Mercedes – a 5s517
5) M. Verstappen – Red Bull – a 6s199
6) C. Sainz Jr – Toro Rosso – a 12s038
7) L. Hamilton – Mercedes – a 15s801
8) R. Grosjean – Haas – a 18s150
9) F. Massa – Williams – a 19s445
10) K. Magnussen – Haas – a 21s443

11) J. Palmer – Renault – a 22s737
12) E. Ocon – Force India – a 23s725
13) S. Perez – Force India – a 39s089

14) L. Stroll – Williams – não completou
15) D. Kvyat – Toro Rosso – não completou
16) S. Vandoorne – McLaren – não completou
17) M. Ericsson – Sauber – não completou
18) J. Button – McLaren – não completou
19) P. Wehrlein – Sauber – não completou
20) N. Hulkenberg – Renault – não completou

Melhor volta – S. Perez – Force India – 1min14s820



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal