Hamilton melhor e Massa bate de novo - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Hamilton melhor e Massa bate de novo

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·



Como era esperado, Lewis Hamilton foi o mais rápido do dia nos primeiros treinos livres do GP da Bélgica nesta sexta-feira, em Spa-Francorchamps, entretanto, não foi nada arrasador, como a Mercedes confiava ser sobre a Ferrari na melhor pista do mundo. Em um circuito longo como é Spa, com 7 quilômetros, Kimi Raikkonen, o mais veloz pela manhã, ficou a apenas pouco mais de dois décimos de segundo do piloto da Flecha de Prata.
Sebastian Vettel, o líder do campeonato, com 14 pontos sobre Hamilton, foi o quinto nesta sexta, atrás de Valtteri Bottas e Max Verstappen. Segundo Vettel, esta prova deve marcar o mesmo domínio da Mercedes verificado neste ano em Silverstone.
No final da segunda sessão desta sexta, caiu uma rápida chuva sobre o circuito belga, abreviando o trabalho das equipes. No entanto, a previsão do serviço de meteorologia não aponta possibilidade de chuva para a classificação deste sábado nem para a corrida. Mas em Spa tudo pode acontecer em matéria de clima, pois o tempo pode mudar de uma hora para outra.
Na sua volta ao cockpit, após ter ficado de fora do GP da Hungria, por ter sentido vertigens, Felipe Massa bateu na curva Malmedy no início da primeira sessão em Spa, provocando bandeira vermelha. Como a Williams teve de trocar o chassi, Massa não pode participar também da segunda parte dos treinos de sexta. O brasileiro, correrá nesta etapa com um capacete diferente (branco), desenhado pelo artista espanhol Kenor e chamado de Alegria por Pilotar. Para o piloto, a batida desta sexta nada tem a ver com um possível problema com vertigens, novamente. Porém, Massa inexplicavelmente passou reto na saída da Malmedy, a segunda curva do carrocel que faz a descida da parte alta para a baixa de Spa.
A Mercedes trocou quatro componentes dos motores de Hamilton e Bottas, colocando os dois pilotos sob risco de novas punições com perda de posições no grid. Se forem trocadas mais duas em cada unidade de potência, virão novas punições, já sofridas por ambos nesta temporada.

1. Hamilton, Mercedes, 1:44:753
2. Raikkonen, Ferrari, a 0:262
3. Bottas, Mercedes, a 0:427
4. Verstappen, Red Bull, a 0:472
5. Vettel, Ferrari, a 0:482
6. Ricciardo, Red Bull, a 1:319
7. Hulkenberg, Renault, a 1:688
8. Ocon, Force Índia, a 1:720
9. Sainz Jr., Toro Rosso, a 1:808
10. Palmer, Renault, a 1:919
11. Alonso, McLaren, a 1:990
12. Perez, Force Índia, a 2:231
13. Grosjean, Haas, a 2:532
14. Vandoorne, McLaren, a 2:550
15. Kvyat, Toro Rosso, a 2:697
16. Magnussen, Haas, a 2:803
17. Stroll, Williams, a 3:108
18. Ericsson, Sauber, a 4:461
19. Wehrlein, Sauber, a 4:972
20. Massa, Williams sem tempo



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal