O Bolão depois da Rússia - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

O Bolão depois da Rússia

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

O Gabriel, atual campeão do Bolão, e o Pedro foram os grandes vencedores em Sochi, ao lado do cara de estátua Valtteri Bottas, o sujeito mais sem expressão do mundo. Aliás, este circuito russo é pra lá de murrinha, como diziam nos meus tempos, com um traçado sem nada de interessante. Só poderia ter dado no que deu: a prova mais chata dos últimos 10 anos.
Aqui, o Professor manteve a liderança, a exemplo do Sebastian Vettel na F-1. Mas só digo uma coisa, Professor, estou chegando!

Parâmetros utilizados para o GP da Rússia:
Pole: VETTEL
Segundo do grid: RAIKKONEN
Vencedor: BOTTAS
Equipe com mais pontos na etapa: MERCEDES
Quantos primeiros pilotos chegam à frente do companheiro na etapa (são os primeiros pilotos: Hamilton - Mercedes, Vettel - Ferrari, Ricciardo - Red Bull, Massa - Williams, Hulkenberg - Renault, Alonso - McLaren, Perez - Force Índia, Sainz Jr. - Toro Rosso, Grosjean - Haas e Ericsson - Sauber: 6
Segundo colocado da prova: VETTEL
Terceiro colocado da prova: RAIKKONEN
Quarto colocado da prova: HAMILTON
Quinto colocado da prova: VERSTAPPEN
Décimo colocado na prova: SAINZ
Piloto com mais voltas na liderança: BOTTAS
Volta mais rápida da prova: RAIKKONEN
Último colocado da prova (segundo a cronometragem oficial da FIA): ALONSO
Quantas vezes o safety car entrará na pista na corrida: UM

Rússia:
1) Gabriel Dias - 40 pontos
1) Pedro Henrique - 40 pontos
3) Daniel Dias - 37 pontos
4) Natanael Felipe Rhoden - 35 pontos
4) Mauro - 35 pontos
6) Luiz Carlos Herrera - 30 pontos
7) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 25 pontos
7) Guilherme Vieira - 25 pontos
7) Daniel Cardoso - 25 pontos
7) Marcelos Farias Pereira - 25 pontos
11) Francisco Cavalin - 22 pontos
12) Luis Mauro Gonçalves Rosa - 20 pontos
12) Romário Braga - 20 pontos
12) Marcelo Antonio Vieira - 20 pontos
15) Eduardo Saraiva - 17 pontos
16) Maurício Dias - 5 pontos
16) André Borges - 5 pontos
18) Eduardo Parise - 0 ponto

TOTAL:
1) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 229 pontos
2) Daniel Dias - 209 pontos
3) Guilherme Vieira - 187 pontos
4) Pedro Henrique - 184 pontos
5) Daniel Cardoso - 179 pontos
6) Eduardo Saraiva - 176 pontos
7) Maurício Dias - 167 pontos
8) Mauro - 147 pontos
9) Francisco Cavalin - 146 pontos
10) André Borges - 137 pontos
11) Luis mauro Gonçalves Rosa - 132 pontos
12) Marcelo Farias Pereira - 131 pontos
13) Eduardo Parise - 127 pontos
14) Romário Braga - 117 pontos
15) Natanael Felipe Rhoden - 115 pontos
16) Gabriel Dias - 85 pontos
17) Marcelo Antonio Vieira - 69 pontos
17) Luiz Carlos Herrera - 69 pontos



3 comentários
Média dos votos: 135.0/5
Natanael Felipe Rhoden
2017-05-03 16:30:08
Imagine o que virá no GP da Espanha. Voltem pneus que não duram nada, azar que seja artificial, mas volte a asa móvel com utilidade.
Daniel Dias
2017-05-01 20:19:20
Campeão, concordo plenamente contigo. Além da mesa de bilhar que não gasta pneus (o Vettel até poderia ter terminado sem trocar os pneus ultramacios), este sim é um kartódromo grande, não o de Abu Dhabi.
Francisco Cavalin
2017-04-30 22:01:10
Bah! Que corrida bem chata. Muito, muito ruim. E sempre vai ser assim, por causa do asfalto muito pouco abrasivo que permite apenas uma parada com pneus ultra-macios e super-macios. Não lembro de ter visto nenhuma ultrapassagem, fora a largada. Uma chatice do inicio ao fim. Circuito bom tem que ter que comer os pneus. Abraço a todos.

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal