"Regra Verstappen" - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

"Regra Verstappen"

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Na noite de sexta-feira, dia 21, ocorreu uma reunião entre o diretor de prova da Fórmula-1, Charles Whitting, e os pilotos. Isso resultou que a Federação Internacional de Automobilismo agirá sobre os pilotos (em especial, o Max Verstappen) que mudarem a trajetória quando já estiverem na frenagem. A manobra estará sujeita à penalização pelos comissários.
O moleque holandês, da Red Bull, é o centro dessa polêmica. Possivelmente, ele não é o único a fazer essa perigosa manobra, mas é o que se destacou por diversas vezes durante a temporada mudando a trajetória nas frenagens para impedir uma ultrapassagem. A última foi no GP do Japão, há duas semanas, em cima do Lewis Hamilton, da Mercedes, quando o inglês tentou a ultrapassagem na chicane, forçando o carro 44 a sair da pista.
A FIA emitiu um esclarecimento. No artigo 16.1 do Regulamento Esportivo informa que nenhum carro pode ser pilotado de uma forma que possa ser potencialmente perigoso para os outros pilotos. Mas o artigo 27.8 proíbe qualquer manobra suscetível de travar outros pilotos, tais como qualquer mudança de direção anormal. O artigo 27.6 diz: "qualquer mudança de direção sob frenagem que resulte em outro piloto ter de tomar uma ação evasiva será considerada anormal e assim potencialmente perigosa para outros pilotos".
Mas se tudo isso está escrito nos regulamentos, por que o Max ainda não foi punido?
Ou seja, qualquer manobra dessa será reportado aos comissários para tomar as devidas providências. Então possivelmente veremos o carro 33 ser mais ultrapassado nessas quatro provas finais (EUA, México, Brasil e Abu Dhabi).



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal