Nova pontuação do Bolão depois do México - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Nova pontuação do Bolão depois do México

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Com a decisão dos comissários do GP do México punindo Sebastian Vettel em 10 segundos, além de mantida a do Max Verstappen em 5 segundos, e com Daniel Ricciardo subindo para a terceira colocação, o Bolão também foi significativamente alterado, com o Gabriel gabaritando os cinco primeiros colocados e vencendo a etapa no Hermanos Rodrigues, ao lado do Lewis Hamilton. O Gabriel acaba consolidando, e muito, sua liderança no Bolão.
Ou seja, esta corrida a pé do Vettel da imagem aí de cima para chegar ao pódio, acabou ficando como lenda.
O site Dias ao Volante e o Blog da F-1 se preparam agora para a cobertura do GP do Brasil, com todos os bastidores da decisão.

Parâmetros utilizados para o GP do México:
Dois restantes da Dança das Cadeiras do treino de classificação:
Pole: sobrenome do piloto - HAMILTON
Segundo do grid: sobrenome do piloto - ROSBERG
Vencedor: sobrenome do piloto - HAMILTON
Equipe com mais pontos na etapa: nome da equipe - MERCEDES
Melhor equipe, fora de Mercedes e Ferrari, classificada no final da prova. Pode até essa equipe ser a vencedora da etapa. Vale só o piloto mais bem classificado dessa equipe na prova: RED BULL
Segundo colocado da prova: sobrenome do piloto - ROSBERG
Terceiro colocado da prova: sobrenome do piloto - RICCARDO
Quarto colocado da prova: sobrenome do piloto - VERSTAPPEN
Quinto colocado da prova: sobrenome do piloto - VETTEL
Piloto com mais voltas na liderança: sobrenome do piloto - HAMILTON
Volta mais rápida da prova: sobrenome do piloto - RICCIARDO
Último colocado da prova (segundo a cronometragem oficial da FIA): sobrenome do piloto – WEHRLEIN

México:
1) Gabriel Dias - 112 pontos
2) Romário Braga - 85 pontos
3) Luiz Carlos Herrera - 77 pontos
3) Marcelo Farias Pereira - 77 pontos
5) Natanael Felipe Rhoden - 75 pontos
6) Daniel Dias - 70 pontos
7) Mauro - 67 pontos
7) Daniel Cardoso - 67 pontos
7) Maurício Dias - 67 pontos
7) Luis Mauro Gonçalves Rosa - 67 pontos
11) André Borges - 65 pontos
12) Eduardo Saraiva - 62 pontos
12) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 62 pontos
14) Francisco Cavalin - 50 pontos
15) Matteus Saldanha - 0 ponto
15) Ítalo Duarte - 0 ponto
15) Marcelo Vieira - 0 ponto
15) Juliano Schuler - 0 ponto
15) Pedro Henrique - 0 ponto
15) Ernani Leonel Muzell - 0 ponto

Total:
1) Gabriel Dias - 898 pontos
2) Natanael Felipe Rhoden - 823 pontos
3) Daniel Cardoso - 811 pontos
4) Francisco Cavalin - 796 pontos
5) Marcelo Farias Pereira - 741 pontos
6) Luiz Carlos Herrera - 719 pontos
7) Mauro - 712 pontos
8) Luis Mauro Gonçalves Rosa - 705 pontos
9) Daniel Dias - 651 pontos
10) Maurício Dias - 639 pontos
11) André Borges - 582 pontos
12) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 521 pontos
13) Eduardo Saraiva - 502 pontos
14) Matteus Saldanha - 437 pontos
15) Romário Braga - 389 pontos
16) Marcelo Vieira - 308 pontos
17) Pedro Henrique - 307 pontos
18) Juliano Schuler - 149 pontos
19) Ítalo Duarte - 27 pontos
20) Ernani Leonel Muzell - 0 ponto



2 comentários
Média dos votos: 120.0/5
Daniel Dias
2016-11-20 20:08:01
Pois é, parece que o Gabriel estava em contato com a direção de prova hehehe
Natanael Felipe Rhoden
2016-11-20 20:07:42
Ficou quase impossível tirar a diferença pro líder. O negócio é garantir o vice.

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal