Verstappen, na melhor corrida do ano! - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Verstappen, na melhor corrida do ano!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Na prova que era para ser toda da Mercedes, a equipe alemã ficou pelo caminho neste domingo, na Áustria, em Zeltweg, circuito da Red Bull, a vencedora da nona etapa do Mundial de Fórmula-1 com Max Verstappen, seguido por Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel, que reassumiu a liderança do campeonato com um ponto de vantagem sobre Lewis Hamilton. O martírio da Mercedes começou com Valtteri Bottas, o pole position em Spielberg, com o câmbio trancado na segunda marcha. A péssima escolha do lugar para parar o carro feita pelo finlandês provocou o safety car virtual, que mudaria toda a corrida. O líder Hamilton (assumiu a ponta da corrida na primeira curva na largada), por erro da equipe, não foi chamado para a troca de pneus, enquanto as Red Bull e as Ferrari pararam no memo momento com suas duplas de pilotos.
A Mercedes logo percebeu o erro e pediu desculpas para Hamilton. Quando o inglês foi para o pit stop, Verstappen assumiu o primeiro lugar. Hamilton voltou à frente de Vettel, mas na alça de mira do tetracampeão alemão. O piloto da Ferrari partiu para cima do rival e fez a ultrapassagem, aliviando seu prejuízo por ter largado na sexta posição, depois de ter tomado uma punição no sábado por atrapalhar a vida do espanhol Carlos Sainz Jr., da Renault. Hamilton passou então a ter problemas de desgaste dos pneus, além de reclamar de perda de potência do motor. As Red Bull também viviam às voltas com problemas nos pneus. Daniel Ricciardo trocou os compostos mas teve quebra do motor logo depois.
Hamilton parou para trocar os pneus de novo, ficando muito distante do trio da frente – Verstappen, Raikkonen e Vettel. Logo após, o trágico dia para a Mercedes se completaria, com o tetracampeão inglês enfrentando possíveis problemas no motor, já que a equipe pediu para ele desligar a máquina em seguida. Muito consciente, Hamilton, ao contrário de Bottas, procurou o melhor lugar fora da pista para deixar seu carro e não atrapalhar a prova.
Nas voltas finais, Raikkonen começou a descontar a diferença para Verstappen. No entanto, não deu tempo para a primeira vitória do finlandês depois de sua última conquista, em 2013, ainda na Lotus. Para delírio da imensa torcida laranja da Holanda presente ao circuito, Verstappen cruzou a linha de chegada com 1,5 segundo à frente de Raikkonen. Na entrevista para Mark Webber, ex-companheiro de Vettel na Red Bull, os três primeiros estavam contentes. Apenas Raikkonen lamentou ter saído da pista na largada quando tentou ultrapassar as Mercedes.
Após a melhor corrida da temporada até o momento – na qual apenas os três primeiros terminaram na mesma volta -, a F-1 se reúne já no próximo domingo para o GP da Inglaterra, em Silverstone, pista teoricamente favorável, novamente, à Mercedes. Será uma nova oportunidade para Hamilton tentar recuperar a liderança do campeonato.
O GP da Áustria mostrou que o imprevisto – um ingrediente sempre presente no automobilismo – pode mudar um panorama pré-estabelecido de grande vantagem de uma equipe sobre as demais, como era o caso da Mercedes em Zeltweg. A escuderia alemã deve agora reconhecer seus erros cometidos em Spielberg e tratar de se recuperar logo. Potencial é o que não falta para a Flecha de Prata.

Resultado final do GP da Áustria:
1) M. Verstappen - Red Bull - 1h21min56s024
2) K. Raikkonen - Ferrari - a 1s504
3) S. Vettel - Ferrari - a 3s181
4) R. Grosjean - Haas - a uma volta
5) K. Magnussen - Haas - a uma volta
6) E. Ocon - Force India - a uma volta
7) S. Perez - Force India - a uma volta
8) F. Alonso - McLaren - a uma volta
9) C. Leclerc - Sauber - a uma volta
10) M. Ericsson - Sauber - a uma volta
11) P. Gasly - Toro Rosso - a uma volta
12) C. Sainz Jr - Renault - a uma volta
13) L. Stroll - Williams - a duas voltas
14) S. Sirotkin - Williams - a duas voltas
15) S. Vandoorne - McLaren - não completou
16) L. Hamilton - Mercedes - não completou
17) B. Hartley - Toro Rosso - não completou
18) D. Ricciardo - Red Bull - não completou
19) V. Bottas - Mercedes - não completou
20) N. Hulkenberg - Renault - não completou

Melhor volta - K. Raikkonen - 1min06s957

Classificação do Mundial de Pilotos:
1) S. Vettel - Ferrari - 146 pontos
2) L. Hamilton - Mercedes - 145 pontos
3) K. Raikkonen - Ferrari - 101 pontos
4) D. Ricciardo - Red Bull - 96 pontos
5) M. Verstappen - Red Bull - 93 pontos
6) V. Bottas - Mercedes - 92 pontos
7) K. Magnussen - Haas - 37 pontos
8) F. Alonso - McLaren - 36 pontos
9) N. Hulkenberg - Renault - 34 pontos
10) C. Sainz Jr - Renault - 28 pontos
11) S. Perez - Force India - 23 pontos
12) E. Ocon - Force India - 19 pontos
13) P. Gasly - Toro Rosso - 18 pontos
14) C. Leclerc - Sauber - 13 pontos
15) R. Grosjean - Haas - 12 pontos
16) S. Vandoorne - McLaren - 8 pontos
17) L. Stroll - Williams - 4 pontos
18) M. Ercisson - Sauber - 3 pontos
19) B. Hartley - Toro Rosso - 1 ponto
20) S. Sirotkin - Williams - 0 ponto

Classificação do Mundial de Construtores:
1) Ferrari - 247 pontos
2) Mercedes - 237 pontos
3) Red Bull - 189 pontos
4) Renault - 62 pontos
5) Haas - 49 pontos
6) McLaren - 44 pontos
7) Force India - 42 pontos
8) Toro Rosso - 19 pontos
9) Sauber - 16 pontos
10) Williams - 4 pontos



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal