Ecclestone sai do comando - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Ecclestone sai do comando

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Prevista para depois de 2018, a saída de fato de Bernie Ecclestone, 85 anos, do comando da Fórmula-1 se dará nesta terça-feira. O velho dirigente, que assumiu a categoria em 1978 e a transformou em um esporte de construtores de fundo de garagem em o maior espetáculo automotivo do mundo, além de ser um riquíssimo negócio, seguirá nos bastidores com o cargo de presidente honorário. Ele mesmo não sabe exatamente o que isso significará.
O comando passa a ser do norte-americano e bigodudo Chase Carey, do grupo Liberty Media, dos EUA, novo proprietário da F-1. Mas conta-se que Carey chamará o inglês Ross Brawn, heptacampeão ao lado de Michael Schumacher – dois com a Benetton e cinco com a Ferrari – e um oitavo título com sua própria equipe, a Brawn, em 2009, precursora da atual escuderia Mercedes, para ser o novo executivo do Circo. Brawn tem uma ótima penetração em todas as equipes.
Ninguém afasta os méritos de Ecclestone em mais de 40 anos no comando da F-1, mas o dirigente, entre outras coisas, não soube aproximar a categoria do grande público, em uma época que a internet e as redes sociais estão presentes em tudo Outra coisa que a F-1 sente falta é de novas regras esportivas, com corridas e pontuação em nova roupagem.



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal