GP do Brasil em pleno janeiro! - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

GP do Brasil em pleno janeiro!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Não se sabe bem o motivo ao certo, mas a FISA – atual FIA – marcava o GP do Brasil nos anos 70 para janeiro. Vejam só, não era matar mesmo os brasileiros por ousarem organizar uma corrida de Fórmula-1? A primeira prova em Interlagos, no grande, de quase oito quilômetros de extensão, foi em 73, com a vitória de Emerson Fittipaldi e sua Lotus preta e dourada.
Há exatos 40 anos, no dia 23 de janeiro de 77, em meio ao martírio de provas programadas para o auge do Verão em um país tropical e banho refrescantes dos torcedores, pelos bombeiros, o GP do Brasil chegou a sua quinta edição. E alguém teve a "feliz" ideia de recapear a pista na Curva 3 um mês antes da prova.
Com Emerson se aventurando em um carro da própria equipe, o famigerado Copersucar, e enterrando de vez suas pretensões na F-1, o público tinha um novo preferido: José Carlos Pace (foto), vencedor da etapa em 75, sua única vitória na carreira. O piloto paulista virou nome do autódromo após um acidente aéreo fatal, ocorrido 54 dias depois do GP do Brasil de 77.
Pace, o Moco, foi a primeira vítima do novo asfalto derretido pelo intenso calor e pela passagem dos carros na Curva 3. O brasileiro escapou da pista sem aderência e foi abalroado por um outro carro no seu retorno, se atrasando na prova.
O que se viu então foi um festival de rodadas, com praticamente um piloto saindo da corrida naquele local a cada volta. No final, jaziam na área de escape da Curva 3 oito bólidos, alguns empilhados sobre os outros, no que ficou conhecido como "O Cemitério de Carros da Curva 3" (outra foto).
Os homens que comandam a F-1 gostam mesmo dos brasileiros...



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal