Le Mans tem final de cinema - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Le Mans tem final de cinema

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

As 24 Horas de Le Mans deste ano, terminada na manhã deste domingo para nós brasileiros, teve um desfecho de cinema, com o Toyota número 5 quebrando a cinco minutos, de 24 intermináveis horas, do final. Com isso, a Porsche, maior vencedora da competição mais dura do mundo, que ao lado do GP de Mônaco e das 500 Milhas de Indianápolis compõe a Tríplice Coroa do Automobilismo, conquistou a vitória na edição 2016, na categoria LMP1, a principal, e no geral, naturalmente.
O trio composto pelo alemão Neel Jani, pelo francês Romain Dumas e pelo suíço Marc Leib, a bordo do Porsche 919 Hybrid de número 2, que tinha feito uma parada de box extra duas voltas antes, foi o grande vencedor das 24 Horas deste ano, com 384 voltas completadas na pista de 13,665 quilômetros de extensão de Sarthe.
O francês Stephane Sarrazin, o inglês Mike Conway e o japonês Kamui Kobayashi, com o Toyota TS50 Hybrid, foram o segundos colocados, com 381 voltas, seguidos pelo francês Loic Duvas, pelo brasileiro Lucas di Grassi e pelo inglês Oliver Jarvis, do Audi R18 e-tron, com 372 voltas. Os três primeiros da LMP1.
Na LMP2, também de protótipos, os vencedores foram o francês Nicolas Lapierre, o norte-americano Gustavo Menezes e o monegasco Stephane Richelmi, com Alpine A460 e 357 voltas. Eles foram o quinto na geral.
Na LMGTE Pro, o primeiro lugar foi do trio formado pelo norte-americano Joey Hand, pelo alemão Dirk Müller e pelo francês Sebastien Bourdais, do Ford GT com 340 voltas, 18 na geral. Foi o retorno do ícone americano à famosa prova. Com nome de GT40, o carro fez história nos anos 60.
Na LMGTE Am, a vitória ficou com os norte-americanos Bill Sweedler, Townsend Bell e Jeff Segal, com a Ferrari 458 Italia GT2, completando 331 voltas e chegando na 26 posição na geral.



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal