Pra não dizer que não falei de Wehrlein! - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Pra não dizer que não falei de Wehrlein!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Em meio à primeira disputa direta na pista entre Mercedes e Ferrari em 2017 no último domingo, na Espanha, não tive tempo de destacar o extraordinário resultado do alemão Pascal Wehrlein, 22 anos, a bordo do carroção da Sauber em Montmeló. A gente acompanha os passos do guri nascido nas Ilhas Maurício, mas com cidadania alemã, desde seu início na Fórmula-1, em especial a partir de sua contratação pela Sauber, depois de ter passado pela Manor, e seu acidente em uma corrida festiva nos EUA em janeiro, com consequente lesão séria nas costas, como dá acompanhar nas fotos de recuperação dele aí em cima. De tão graves, as lesões chegaram a colocar em risco o desenrolar de sua carreira. Mas ele voltou.
Como já esperávamos, Wehrlein dá banho em cima de banho no sueco Marcus Ericsson, a mala que se indispôs com o brasileiro Felipe Nasr no ano passado. No domingo, o primeiro grande prêmio para o menino alemão, que, por justiça, deveria estar dirigindo a segunda Mercedes neste ano no lugar do Valtteri Cara de Estátua Bottas, pois é um piloto oificial da Flecha de Prata, terminou em oitavo lugar, de fato, em sétimo, porque recebeu uma punição por não ter alinhado seu carro naquele colchete desenhado no chão no grid de largada. O alemão, com isso, levou um acréscimo de 5 segundos no seu tempo em terminou em oitavo. A posição, no entanto, foi comemorada como uma vitória pela equipe suíça, como dá para ver na outra foto aí do post.



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal