Verstappen vence na Malásia - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Verstappen vence na Malásia

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Max Verstappen, que completou 20 anos no sábado, não tomou conhecimento de Lewis Hamilton e venceu a derradeira prova no circuito de Sepang, na madrugada deste domingo. Só por isto dá para ter a noção exata do tamanho da façanha de Hamilton ao conquistar a pole position no sábado. Agora, quem está precisando urgentemente de uma benzedeira é a Ferrari. Depois da trapalhada feita na largada da prova anterior, em Cingapura, Sebastian Vettel teve problema no turbo no terceiro treino livre na Malásia e nem participou da classificação. Pouco antes da largado, o mesmo problema no motor aconteceu no carro de Kimi Raikkonen, segundo no grid, provocando a retirada do finlandês da corrida.
A trágica sequência de problemas da Ferrari foi anulada em parte na prova com uma atuação soberba de Vettel. O tetracampeão largou da última posição e terminou em quarto. E por pouco o alemão não conseguiu superar Daniel Ricciardo, que formou o pódio, atrás de Verstappen e Hamilton. Após a chegada, o barbeiro disfarçado de piloto Lance Stroll bateu em Vettel, destruindo a traseira da Ferrari de número 5, que pode ter de trocar o câmbio para a corrida de Suzuka.
Com o resultado, Hamilton aumentou para 34 pontos a diferença sobre Vettel no campeonato, faltando cinco provas para o final da temporada – Japão, já na próxima semana, EUA, México, Brasil e Abu Dhabi.
Em uma corrida apenas razoável, o difícil mesmo foi o telespectador brasileiro aguentar o festival de gritos histéricos do narrador Luiz Roberto. Parecendo completamente deslumbrado por estar transmitindo a Fórmula-1, o narrador conseguiu provocar saudade do Galvão Bueno. Faça o favor!
Com todos os méritos, pois ultrapassou Hamilton na pista, Verstappen chega a sua segunda vitória na F-1. A primeira foi no ano passado (Espanha) na prova em que fazia sua estreia na Red Bull.

Resultado final:
1) M. Verstappen – Red Bull – 1h30min01s290
2) L. Hamilton – Mercedes – a 12s770
3) D. Ricciardo – Red Bull – a 22s519

4) S. Vettel – Ferrari – a 37s362
5) V. Bottas – Mercedes – a 56s021
6) S. Perez – Force India – a 1min18s630
7) S. Vandoorne – McLaren – a uma volta
8) L. Stroll – Williams – a uma volta
9) F. Massa – Williams – a uma volta
10) E. Ocon – Force India – a uma volta

11) F. Alonso – McLaren – a uma volta
12) K. Magnussen – Haas – a uma volta
13) R. Grosjean – Haas – a uma volta
14) P. Gasly – Toro Rosso – a uma volta
15) J. Palmer – Renault – a uma volta
16) N. Hulkenberg – Renault – a uma volta
17) P. Wehrlein – Sauber – a uma volta
18) M. Ericsson – Sauber – a uma volta

19) C. Sainz Jr – Toro Rosso – não completou
20) K. Raikkonen – Ferrari – não largou

Melhor volta – S. Vettel – Ferrari – 1min34s080



3 comentários
Média dos votos: 135.0/5
Natanael Felipe Rhoden
2017-10-02 00:43:25
Ainda bem que assisti no Sportv o VT hoje pela manhã. Nessa transmissão deram culpa pro Vettel pois só veio o replay na on board do carro do Vettel.
Daniel Dias
2017-10-01 19:04:40
Olá, campeão. Não tenho dúvidas de que a culpa foi toda do piá canadense. O Vettel desviou para a esquerda pq a curva era pra esquerda. O Stroll seguiu em linha reta.
Francisco Cavalin
2017-10-01 14:41:17
Daniel. Complicada essa batida do Vettel com o Stroll. Na câmera no carro do Grosjean tive a impressão que o Stroll desviou para a direita, e na câmera do carro do Vettel, pelas marcar no asfalto, percebi que ele também desviou para a esquerda.
Pra mim, foi algo como os opostos se atraem.
;)

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal